compartilhar

EXPLORAÇÃO: Água em Brasília é 206 por cento mais cara do que em São Paulo

EMPRESA PÚBLICA DE ÁGUAS CAESB COBRA TRIPLO DA SABESP

Alvo de constantes reclamações dos consumidores, a Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) cobra até 206,1% a mais pelo metro cúbico de água fornecido que a Sabesp, por exemplo.

 

São R$ 1,31/m3 para quem consome entre 10m3 e 20m3 em São Paulo e R$ 4,01/m3 em Brasília.

 

Em ambos os casos, esse é o valor cobrado dos consumidores carentes que foram incluídos na chamada tarifa social. Procurada, a Caesb diz “seguir determinações” da agência reguladora. A informação é da coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

 

Nas cinco faixas de consumo levantadas pela coluna, a tarifa social é, em média, 123,6% mais cara no Distrito Federal. A tarifa normal é 37,62% maior.


Enquanto a Sabesp dá desconto de 66% na tarifa social para quem consome menos água, na Grande Brasília, o desconto da Caesb é de apenas 25%.

Apesar da crise hídrica no Distrito Federal não se comparar à enfrentada em São Paulo desde 2014, a Caesb cobra mais 40% de quem usa mais de 10m3.

 

Fonte: *Via Diário do Poder/Clipping

COMENTÁRIOS