compartilhar

CRISE HÍDRICA: Restrição para captar água do Descoberto é "inviável", dizem agricultores do "quadrilátero"

A partir desta 5a.feira, produtores só podem retirar água do principal reservatório (Descoberto) das 6h às 9h. Eles pedem intervenção da Secretaria de Agricultura para adaptar medida a necessidades de cada plantio.

A resolução da Agência Reguladora de Águas do DF (Adasa) que passou a restringir a captação de água para criadores de peixes e agricultores abastecidos pela bacia do Descoberto começou a valer nesta quinta-feira (9).

 

Os agricultores devem reduzir a retirada de água pela metade, e o trabalho só pode ser feito entre 6h e 9h.

Os produtores dizem que irão pedir a mediação da Secretaria de Agricultura para que a medida seja adaptada às necessidades de cada planio.Resultado de imagem para irrigação df


 

“Nossa região é produtora de várias culturas. Quem planta goiaba, por exemplo, tem uma necessidade, quem planta folhagem é totalmente diferente. Restringir de modo igual para todos inviabiliza a agricultura daqui”, afirmou o produtor Fabio Arada.

 

Segundo Arada, os produtores de culturas perenes como goiabas, por exemplo, sentirão os reflexos da medida a partir de abril, quando deverão plantar as novas mudas. Mas para quem planta morango ou folhagens, esse impacto já existe, porque tem que irrigar mais vezes por dia e no caso das folhagens planta novas mudas todos os dias", afirma o agricultor.

A Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural (Seagri-DF) afirmou que está dialogando com os produtores rurais para construir uma proposta com a finalidade de adaptar melhor a situação de acordo com a cultura, cientes de que será necessário garantir uma economia de água.


De acordo com a pasta, é possível uma mudança na resolução. Em nota, a secretaria informou que "a Seagri já está em conversa com a Adasa, a ideia é garantir a economia necessária para o reservatório, mas que seja menos prejudicial aos agricultores".


A Adasa informou que está em contato direto com os produtores, e segue avaliando a situação, mas sem uma maior quantidade de chuva, as restrições não serão alteradas. "O Descoberto estava com nível de 80% nessa época, no ano passado". Até a publicação desta reportagem, nesta quinta-feira (9), o Descoberto estava em 43,60% do volume.

Resultado de imagem para irrigação agricultura df

 

"Não é interesse da Adasa prejudicar ninguém, tudo é avaliado sempre, mas nesse caso a mudança virá só se houver contrapartida da natureza, com mais chuvas", informou a assessoria da empresa.

 

Arada disse que se a Adasa não negociar a restrição e os horários de acesso a água, os agricultores não poderão acatar. "Talvez vamos levar multa e recorrer, mas precisamos tocar a vida." A secretaria afirmou que não participou da elaboração desta resolução.

Para a Adasa, o impacto econômico – inclusive com aumento de preços dos produtos agrícolas – pode influenciar no comportamento dos demais consumidores. "Tem gente que ainda acha que a crise é uma falácia", afirma a agência reguladora. A prioridade do abastecimento, segundo a empresa, deve ser para o consumo humano e de animais.

Resultado de imagem para irrigação MORANGOS agricultura df

 

 

Fonte: *Via G1/Clipping

COMENTÁRIOS