compartilhar

EMPODERAR: No Mês da Mulher, Metrô destaca igualdade de gênero como finalidade

Um dos trens vai rodar com adesivo sobre o tema, que consta da Agenda 2030 da ONU

Na semana em que se celebra o Dia Internacional da Mulher, um dos trens da Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô) começou a rodar com adesivos para destacar os 17 finalidades de desenvolvimento sustentável da Organização das Nações Unidas (ONU). Um deles, de número 5, visa “alcançar a igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas”.


A campanha do Metrô de Brasília é mais um passo no compromisso do governo do Distrito Federalcom a Agenda 2030 da ONU, iniciado na Estação Central da Rodoviária do Plano Piloto em outubro passado.

Em fevereiro de 2017, o governador Rodrigo Rollemberg assinou decreto para formar grupo de trabalho direcionado ao cumprimento das intenções.


De acordo com o presidente da autarquia, Marcelo Dourado, o trem vai ficar com o adesivo nos próximos meses. “É um tema da mais alta importância e precisa de publicidade. Cerca de 200 mil pessoas circulam no metrô todos os dias. Quer outdoor melhor que esse?”

Trem do Metrô-DF com adesivos que ilustram os 17 objetivos de desenvolvimento sustentável da ONU.

O que é a Agenda 2030 da ONU

A Agenda 2030 é composto por 169 metas para garantir o desenvolvimento sustentável do planeta até 2030.

Na ocasião do lançamento em Brasília, Rollemberg citou algumas ações do governo que vão ao encontro da proposta. São elas a universalização da educação infantil para crianças de 4 e 5 anos; a desativação do aterro controlado do Jóquei com a incorporação dos catadores nos centros de triagem; as obras das estações de captação e de tratamento de água do Sistema Produtor Corumbá 4;  a construção do segundo bloco do Hospital da Criança de Brasília José Alencar; e as obras de infraestrutura em comunidades, como o Sol Nascente, em Ceilândia.

 

COMENTÁRIOS