compartilhar

POSTO DA TORRE: Início de incêndio em posto que originou Lava Jato mobiliza bombeiros no SHS

Ao chegar ao local, a equipe controlou o fogo na parte superior da loja de conveniência do estabelecimento

O Corpo de Bombeiros foi acionado no início da tarde desta terça-feira (14/3) para atender a uma chamada no Posto da Torre, no Setor Hoteleiro Sul (SHS).

 

Segundo a corporação, houve um princípio de incêndio na parte superior da loja de conveniência do estabelecimento, que foi controlado com a chegada da corporação.

No final do ano passado, o posto foi alvo de uma ação do Ministério Público do DF (MPDF), acusado de adulterar as bombas de combustível e abastecer os veículos com quantidades menores do que era efetivamente pago pelos consumidores.

Michael Melo/Metrópoles

Ao longo de sua existência, o Posto da Torre e o seu proprietário, o libanês naturalizado brasileiro Carlos Habib Chater, colecionaram polêmicas. Chater está preso como parte da Operação Lava Jato, que teve origem, justamente, no local.


 

No estabelecimento, funcionava uma casa de câmbio que, segundo a denúncia do Ministério Público Federal, era uma das formas usadas para distribuir propina e lavar dinheiro no esquema que se nutria de desvios da Petrobras. Em relatório da força-tarefa da Operação Lava Jato, o posto chegou a ser chamado de “caixa eletrônico da propina”.

Meses antes da operação, pagamentos no posto eram feitos apenas em dinheiro, não havia a opção de cartões. O fato despertou a atenção de investigadores, já que facilitaria um eventual processo de lavagem de dinheiro por não deixar tantos rastros como operações eletrônicas com cartão.

Chater foi condenado em outubro do ano passado e cumpre pena de cinco anos e seis meses em regime fechado pelos crimes de tráfico de drogas, evasão de divisas e lavagem de dinheiro. Ele era sócio do delator na operação, o doleiro Alberto Youssef. Desde a prisão de Habib Chater, o posto está sob responsabilidade de sua irmã mais velha, Katia.

 

Fonte: *Via Metropole/Clipping

COMENTÁRIOS