compartilhar

QUASE 40 POR CENTO: Governador Rollemberg concede aumento à cúpula da Polícia Militar

DECRETO FOI PUBLICADO NA SURDINA, NO DIÁRIO OFICIAL DESTA TERÇA.NO TOTAL, 364 MILITARES SÃO BENEFICIADOS. ENTRE OS CARGOS ESTÃO COMANDANTES E SUBCOMANDANTES DE BATALHÕES, ENTRE OUTROS

Apesar de passar por momento de ‘crise financeira’, o governo do Distrito Federal concedeu aumento para comandantes da Polícia Militar, militares que ocupam cargos de natureza especial, de confiança, no GDF, entre outros. O benefício é alto e varia entre 8,8% e 39,69%. O decreto foi publicado na surdina, no Diário Oficial desta terça-feira (21).

 

No total, 364 militares são beneficiados. Entre os cargos estão comandantes e subcomandantes de batalhões, ajudantes de ordem e praças lotados em gabinetes, diretorias, órgãos, entre outros.

O decreto, assinado pelo governador Rodrigo Rollemberg, altera o decreto nº 38.067, de 2003, que dispõe sobre a gratificação de função de natureza especial aos militares.

O aumento deve gerar reação em cadeia, já que o governo já deixou claro que não vai conceder aumentos a outras categorias, como a dos professores, policiais civis ou da área da saúde. Dentro da própria Polícia Militar deverá haver descontentamento, já que nem todos foram beneficiados.

Em nota, o governo afirma que não houve aumento na quantidade de gratificações e nos seus valores, mas “apenas uma redistribuição nos cargos criados e extintos em decorrência da edição do Decreto 37.321 e o reposicionamento de pessoal”. Ainda de acordo com o GDF, “o Decreto 37.321 foi editado em maio do ano passado e definiu a reestruturação administrativa e operacional da PMDF com o objetivo de enxugar a estrutura administrativa da Polícia Militar e ampliar a capacidade operacional direcionando mais policiais para o policiamento de rua. Os atos de hoje apenas fizeram ajustes no Decreto original, redistribuindo as gratificações já existentes entre os cargos previstos”.

 

Fonte: *Via Diário do Poder/Clipping

COMENTÁRIOS