compartilhar

PELAS SATÉLITES E BAIRROS DE BRASÍLIA: Rollemberg alinha diretrizes de governo com administradores regionais

Governador orientou que titulares das 31 unidades do DF se empenhem ainda mais na interlocução com a comunidade. Encontro ocorreu na Residência Oficial de Águas Claras

"O administrador deve dialogar com todos os setores, conhecer as características da região, a vida cultural, e unificar a interlocução com os segmentos" - Rodrigo Rollemberg, governador.


As diretrizes e estratégias para os próximos meses de governo foram apresentadas em reunião do governador Rodrigo Rollemberg com os titulares das 31 administrações regionais do Distrito Federal. O encontro foi na tarde desta sexta-feira (24), na Residência Oficial de Águas Claras.


Rollemberg agradeceu a atuação de cada gestor e pediu ainda mais empenho e comprometimento em relação às demandas de cada região. “Precisamos garantir a uniformidade (de ação) entre as administrações regionais”, destacou o governador de Brasília.

Ele solicitou mais celeridade aos administradores na solução de problemas de manutenção dos equipamentos e serviços públicos, como coleta de lixo e reparos em vias de circulação. Entre os assuntos debatidos estão fiscalização, segurança, limpeza urbana, iluminação e obras.

reuniao-administradores-roac-tonywinston-agenciabrasilia-640x427

O chefe do Executivo também reforçou a necessidade de respeitar a diversidade. “O administrador deve dialogar com todos os setores da comunidade, conhecer as características da região, a vida cultural, e unificar a interlocução com todos os segmentos”, defendeu.


Brasília Cidadã nas regiões administrativas

A colaboradora do governo Márcia Rollemberg ressaltou a importância do programa Brasília Cidadã, como forma de pensar a cidade sob princípios sociais. “A gestão pública tem uma função que é incentivar e fomentar participação social.”

De acordo com ela, o governo deve interagir com a sociedade, de forma a garantir a representatividade de todos os setores por meio de ações afirmativas, criação de conselhos, mutirões, audiências e consultas públicas, entre outras medidas. “Integrar as políticas públicas às ações em rede com a sociedade é um desafio permanente”, avaliou.

Como forma de impulsionar as atividades coletivas, foram apresentados dados sobre o Portal do Voluntariado em cada região. A colaboradora do governo convidou as administrações a incluírem mais ações no sistema e mais atividades culturais na plataforma Mapa nas Nuvens.

Além dos administradores regionais, estavam presentes representantes das secretarias da Segurança Pública e da Paz Social, e de Obras, Infraestrutura e Serviços Públicos; da Controladoria-Geral do DF; da Agência de Fiscalização do Distrito Federal (Agefis); da Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap); da Defesa Civil e do Serviço de Limpeza Urbana (SLU).

O secretário das Cidades, Marcos Dantas, responsável pela interlocução com os gestores, ressaltou a oportunidade da reunião para alinhar demandas com órgãos estratégicos. “Precisamos solucionar os problemas de forma criativa e juntos”, reforçou.

 

COMENTÁRIOS