compartilhar

DENTRO DO PADRÃO: Após interdição, Le Cirque Amar, no Eixo Monumental, recebe alvará e volta a funcionar

Mesmo sem o documento, o circo fazia apresentações para escolas e Organizações não Governamentais.Corpo de Bombeiros concedeu o último documento de que o circo precisava

Interditado há dois dias, o "Le Cirque Amar" recebeu alvará da Administração de Brasília e voltará a funcionar na tarde desta sexta-feira (31/3).
Instalado no estacionamento do Ginásio Nilson Nelson, o espaço foi interditado pela Agência de Fiscalização do Distrito Federal (Agefis), que constatou falta do documentação. Além disso, o local precisou passar por ajustes, seguindo orientações do Corpo de Bombeiros. 

Mesmo sem alvará, o circo estava realizando apresentações para escolas e Organizações não Governamentais. Pouco menos de uma hora antes da interdição, na quarta-feira (29/3), cerca de 200 crianças de escolas da Grande Brasília acompanharam um espetáculo no Le Cirque.
A ação da Agefis, que resultou na interdição temporária, ocorreu dois dias após um rapaz de 17 anos morrer no desabamento da estrutura do Khronos, instalado em um estacionamento de um shopping no fim da Asa Norte.


Na ocasião da interdição, o Le Cirque Amar teve o projeto liberado pela Defesa Civil, mas não tinha obtido a liberação do Corpo de Bombeiros. A corporação é responsável por verificar as condições de saídas de emergência, sinalizadores e itens de seguranças nas estruturas temporárias.

Regularização

Resultado de imagem para circo le cirque brasilia df

Na mesma data da interdição, os produtores do Le Cirque acionaram o Corpo de Bombeiros e resolveram as últimas pendências. "Constatamos que, agora, o circo está dentro do padrão para funcionamento, sem oferecer qualquer risco", detalhou o subtenente Paulo Rogério Silva, da Seção de Vistorias do Corpo de Bombeiros.


O produtor Le Cirque Amar, Luís Carlos Oliveira, explicou que as adequações exigidas pelo Corpo de Bombeiros já tinham sido feitas antes da interdição, só faltava a entrega do documento para a corporação. "Resolvemos todas as pendências e a partir desta sexta-feira receberemos o público geral", disse. O local tem capacidade para 900 pessoas e a temporada se estende até o fim de abril.

Incidente

Resultado de imagem para acidente no circo brasilia df

Na última quarta-feira, foi concluída a desmostagem de toda a estrutura que sobrou do circo Kronos após o acidente que resultou na morte de Weyne Bispo da Costa. A temporada da trupe circense foi suspensa e está sem previsão de volta. A vítima foi velada também na quarta, em Aparecida de Goiânia (GO).
 
Os donos do estabelecimento foram acionados pela Administração do Plano Piloto para prestar esclarecimentos sobre o fato de estarem realizando apresentações, mesmo sem alvará. O órgão informou, por meio da assessoria de imprensa, que, até então, nenhum diretor do espaço prestou informações.
Resultado de imagem para acidente no circo brasilia df

 

Fonte: *Via CB/Clipping

COMENTÁRIOS