compartilhar

MORAR BEM: Codhab exige atualização cadastral de habilitados à moradia do programa do GDF

Cadastro precisa ser atualizado até o dia 3 de julho. Todos os inscritos no Distrito Federal devem confirmar seus dados

A partir da próxima segunda-feira (3/4), todos os 142 mil habilitados para adquirir moradia pela Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (Codhab) terão que atualizar seus cadastros.

 

Inicialmente, a atualização deve ser feita de forma eletrônica, por meio do site ou do aplicativo para smartphones da companhia. Em maio, terá início o atendimento presencial nos postos da Codhab. O prazo final para concluir o processo será o dia 3 de julho: quem não atualizar suas informações até lá será excluído do programa, conforme o Metrópoles antecipou no início deste mês.

Michael Melo/Metrópoles

Desde 2014 os brasilienses que se candidataram no programa habitacional do Governo do Distrito Federal não confirmam seus dados. Com isso, um estudo feito junto à Codhab, a partir do cruzamento com as informações da Secretaria de Fazenda, cartórios e até de um sistema de óbitos, apontou incoerência nas informações referentes a pelo menos 11 mil candidatos à moradia.


 

O diretor imobiliário da Codhab, Jorge Gutierrez, alerta que o recadastramento é necessário para que os inscritos não sejam excluídos do programa.

"Essas pessoas terão a oportunidade de corrigir isso, apresentando a documentação requerida. Mas quem não fizer a atualização cadastral até o dia 3 de julho será excluído da lista" = Jorge Gutierrez, diretor imobiliário da Codhab

Rápido e prático
Embora muitos brasilienses precisem confirmar as informações apresentadas ao programa habitacional, o governo espera que o processo seja ágil e bastante prático. Para facilitar a vida dos candidatos, a Codhab revisou o uso do seu aplicativo para smartphones: quem optar por usar o dispositivo, não precisará ir até um posto de atendimento.

“Com o celular na mão, a pessoa pode fazer todas as atualizações e garantir que seu nome continue na lista. Se não conseguir usar o aplicativo, há, ainda, a opção de fazer tudo pelo site”, destacou Jorge Gutierrez.

O endereço do portal da companhia imobiliária é www.codhab.df.gov.br. Quem não conseguir atualizar os dados nem por meio do site nem pelo aplicativo, precisará esperar até 3 de maio, quando será iniciado o atendimento presencial nos postos de Assistência Técnica da Codhab.


Inovações
O aplicativo está com novidades.A principal delas é que o usuário poderá fazer a atualização completa. Nessa nova versão, além dos dados pessoais e de contato, podem ser adicionados número de dependentes, renda familiar e informação de deficiência do candidato, entre outros dados. Aquele candidato que não tem incoerência no cadastro, precisa apenas confirmar as informações.


Para modificar seus dados, é preciso acessar o aplicativo e clicar no ícone “usuário”. Depois, informar CPF e senha. Assim que a página inicial for aberta, basta clicar na aba “Atualização Cadastral” e, dentro dela, preencher os dados pedidos.

Além de atualizar os dados, o usuário tem que comprovar as informações por meio de documentos, que também podem ser enviados pelo aplicativo. Basta carregar o arquivo ou mesmo anexar uma foto tirada do próprio celular.(*Por:Raiane Wentz)

 

 

Fonte: *Via Metropole/Clipping

COMENTÁRIOS