compartilhar

"RELEMBRANÇAS": Estudantes acampam em frente à Tv Globo 53 anos depois do golpe militar

Cerca de 40 pessoas estão no Setor de Rádio e TV Norte e também acusam a emissora de apoiar a saída da ex-presidente Dilma

Cerca de 40 estudantes, ligados ao Levante Popular da Juventude, estão acampados em frente à TV Globo Brasília, no Setor de Rádio e TV Norte, desde o início da noite de sexta-feira (31/3).

A “invasão” coincide com os 53 anos do Golpe Militar de 1964.

Os jovens acusam a emissora de ter apoiado a instalação da ditadura no país e também o “golpe” que retirou do poder a ex-presidente Dilma Rousseff.


Manifestação parecida também acontece na sede da Globo no Rio de Janeiro. Além de se manifestarem contra a emissora, os estudantes protestam contra as reformas trabalhista e da previdência que o governo Michel Temer vem tentando instalar no país. O presidente também é alvo de ataques e pedidos de saída por parte do grupo.

 

No final da tarde deste sábado (1º/4), eles fariam um ato com a presença de outros movimentos sociais, como o Movimento dos Sem Terra (MST) e a Central Única dos Trabalhadores (CUT). A expectativa é de que protestos parecidos aconteçam em todas as capitais do Brasil depois das 16h.

Larissa Rodrigues/Metrópoles

 

 

Fonte: *Via Metropole/Clipping

COMENTÁRIOS