compartilhar

HOMICÍDIO QUALIFICADO: STF decide que ex-distrital, Adão Xavier -que está foragido-, pode responder em liberdade

CARLOS (ADÃO) XAVIER É ACUSADO DE TER CONTRATADO POR R$ 15 MIL DOIS HOMENS PARA MATAR O ADOLESCENTE

O ex-deputado distrital Carlos Xavier conseguiu uma "colher de chá" do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski, agora ele pode responder em liberdade pela condenação a 15 anos por homicídio qualificado.

 

Segundo a sentença de Lewandowski, Carlos Xavier só precisará cumprir a pena, quando houver a decisão definitiva. A condenação do ex-deputado está sendo analisada pela Segunda Turma do STF, sem data para julgamento.

Xavier está foragido desde 10 de março de 2016. Quando policiais foram a sua residência para cumprir o mandado de prisão decretado pela 2ª Vara Criminal de Samambaia e não o encontraram.

Carlos Xavier é acusado de ter contratado por R$ 15 mil dois homens para matar o adolescente Ewerton da Rocha Ferreira, 16 anos, suspeito de ser amante de sua esposa.

O corpo do adolescente foi encontrado atrás de uma parada de ônibus com dois tiros na cabeça. O crime ocorreu em março de 2004, perto do viaduto que liga o Recando das Emas com Samambaia. 

 

Fonte: *Via Diário do Poder/Clipping

COMENTÁRIOS