compartilhar

COFRE: GDF arrecadou R$ 67 milhões a mais no primeiro trimestre de 2017. Total foi de R$ 3,712 bilhões

Governo recolheu 1,8% a mais do que o mesmo período em 2016. Primeiro bimestre teve alta significativa com arrecadação de IPVA, diz Secretaria de Fazenda.

O Governo do Distrito Federal arrecadou 1,8% a mais em impostos nos primeiros três meses de 2017, na comparação com o mesmo período do ano passado.

O percentual representa R$ 67 milhões a mais nos cofres públicos, já descontada a inflação do período.


De janeiro a março, a arrecadação tributária atingiu R$ 3,712 bilhões de acordo com números da Secretaria de Fazenda. Nesse mesmo período, em 2016, o recolhimento foi de R$ 3,645 bilhões.


Segundo a pasta, o resultado se deve principalmente à antecipação da cobrança do IPVA. O imposto pago sobre os veículos era lançado em março, em anos anteriores, e foi "puxado" para fevereiro justamente para impulsionar as contas públicas do primeiro trimestre.


A Fazenda explica que, de maneira geral, a arrecadação do IPVA é maior no primeiro mês dos boletos. Em fevereiro deste ano, por exemplo, o imposto adicionou R$ 345,4 milhões às reservas do GDF. A queda no mês seguinte foi significativa – "apenas" R$ 128,5 milhões chegaram aos cofres em razão do imposto.


Segundo o GDF, a antecipação do calendário do IPVA também tenta evitar que os contribuintes precisem arcar com dois impostos pesados ao mesmo tempo – nos últimos anos, o calendário coincidiu com o pagamento do IPTU. No caso do IPTU, os pagamentos foram mantidos entre junho e novembro.

Já no ICMS, que compõe cerca de 50% da arrecadação total, o DF registrou queda de 1,9% em fevereiro deste ano, na comparação com 2016. Segundo a Fazenda, a queda é motivada pela curta duração do mês, e pelos festejos de carnaval.

 

Fonte: *Via G1/Clipping

COMENTÁRIOS