compartilhar

VAI COMER PESCADOS ESTA SEMANA?: Veja algumas dicas para escolher os alimentos que vai comprar

É preciso atenção à temperatura e ao armazenamento do produto

Muitas pessoas preferem consumir peixe durante a Quaresma ou Semana Santa, o que aumenta comercialização do alimento nessa época do ano.

 

Por isso, é necessário ficar alerta para não adquirir produtos que não atendam às normas de higiene e qualidade.

Alimentos fora dessas especificações podem provocar contaminação e oferecer sérios riscos à saúde.

 

Para verificar o estado do produto, o consumidor deve observar algumas particularidades. Pescado fresco apresenta olhos brilhosos, guelras avermelhadas e escamas firmes, sem soltar-se.

 

O comprador também deve prestar atenção se o alimento está armazenado em local limpo e adequadamente refrigerado. "Os peixes frescos podem ficar em balcões fechados e, se acondicionados em ilha aberta, com, no mínimo, 70% de cobertura com gelo, com temperatura até 4° C", explicou o gerente de alimentos da Subsecretaria de Vigilância à Saúde, André Godoy.

 

No caso de produtos resfriados e descongelados, eles devem estar sob temperatura de 0º a 3°C.

Quando inteiros (com ou sem vísceras), podem ser acondicionados tanto em ilha aberta, nas mesmas condições de peixes frescos, ou em equipamento de refrigeração.

Resultado de imagem para peixaria

Aqueles cortados em postas, filetados ou outros cortes, precisam estar embalados ou em balcões fechados.

 

"Muitos mariscos são vendidos como refrigerados e são, na verdade, descongelados. O estabelecimento deve informar que o produto é descongelado e que não podem ser recongelados", alertou o gerente.

 

Para os congelados, as exigências são manter a temperatura em -18°C, com tolerância até -11°C, com informações de rotulagem sobre espécie, origem, validade e forma de conservação. Devem ser comercializados somente embalados ou em balcões fechados.

Resultado de imagem para bacalhau portugues

 

Em caso de pescados secos, salgados e defumados desfiados, fracionados e outras manipulações, o armazenamento deve garantir até 10°C ou recomendação do fabricante, além de embalagem fechada, informando espécie, origem, validade e forma de conservação. A mercadoria a granel pode estar em temperatura ambiente, protegida do contato com pragas e sujeira ou em embalagem do fabricante.

 

COMENTÁRIOS