compartilhar

CABEÇAS ROLAM: Contrariado com obstrução, Rollemberg exonera aliados do distrital Abrantes

Ele teve quatro indicados na Codhab exonerados nesta quarta-feira (12/4). Pauta da Câmara Distrital está travada em apoio aos policiais civis

Nem o Cristo mais famoso de Planaltina escapou da ira do governador Rodrigo Rollemberg (PSB), em plena Semana Santa. 

 

Em obstrução à votação de projetos do Executivo na Câmara Legislativa por estar defendendo o aumento da Polícia Civil, o deputado Claudio Abrantes (Rede) teve os cargos de sua indicação exonerados da estrutura do GDF nesta quarta-feira (12/4).

Por muitos anos, o distrital encenou o papel principal da Via Sacra mais tradicional de Brasília, naquel cidade-satélite.

Com a canetada, Rollemberg mandou um recado para os seus supostos aliados.

 

O socialista precisa desobstruir a pauta já que se não conseguir aprovar a liberação de um crédito de R$ 248 milhões, que, segundo o Executivo, serviria para o pagamento de salários de terceirizados e benefícios de servidores públicos.


Abrantes tinha, segundo ele, quatro cargos dentro da Companhia Habitacional do Distrito Federal (Codhab) e não foi informado sobre as demissões antes de elas serem publicadas no Diário Oficial do DF (DODF). Entre os exonerados está o diretor de Regularização de Interesse Social, Marcus Palombo.


 

“Os cargos são do governador. A responsabilidade de retirar um servidor qualificado e com trabalho elogiado por todos é dele. Ele não me falou nada, soube pelos próprios exonerados, entre eles uma grávida”, disparou o distrital.


Relações estremecidas
Cláudio Abrantes, que é agente da Polícia Civil, integra a base governista desde que deixou o PT para se transferir à Rede Sustentabilidade. Apesar da perda de espaço, o distrital afirma que vai manter a mesma postura adotada antes do desentendimento.

“Sempre tive uma postura de votar o que é bom para a sociedade ou justo para as categorias. Não apoiava o governo por cargos, para não ter que abaixar a cabeça e continuarei assim”, garantiu.(*Por:Suzano Almeida)

 

Fonte: *Via Metropole/Clipping

COMENTÁRIOS