compartilhar

MAIS QUALIDADE: Brasília começa a operar 4G em faixa usada por TV analógica

Capital federal é a primeira cidade do país a utilizar a frequência de 700 MHz para ofertar internet móvel de alta velocidade

"Num momento em que o consumo de vídeos, músicas e conteúdos via streaming aumenta, temos que oferecer redes adequadas para que essas informações trafeguem sem problemas e atendam às novas demandas dos usuários"=>Marcio Carvalho, diretor de marketing da Claro.


Brasília será a primeira capital do país a fazer uso da antiga frequência utilizada pela TV analógica para disseminar sinal de 4G.

A Tim anunciou nesta quinta-feira (20/4) que passará a usar a faixa de 700 MHz, a partir de 21 de abril, para ampliar a cobertura de internet móvel para seus clientes.

 

Resultado de imagem para celular 4g

A vantagem dessa banda é que ela possibilita otimizar o alcance em locais que sofrem com a má cobertura da tecnologia, além de aumentar em até oito vezes as taxas de transmissão de dados feitas por conexões móveis. Também promete melhorar consideravelmente o sinal em aparelhos que estejam em locais fechados.


 

O custo para realizar a cobertura a partir dessa faixa também é menor, uma vez que permite abranger grandes centros sem a necessidade de instalar muitas antenas. Leiloada em 2014 pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), a banda foi adquirida pelas companhias Claro, Telefônica/Vivo, Tim e Algar Telecom por R$ 5,85 bilhões.

Michael Melo/Metrópoles

“A exploração dos 700 MHz é estratégica para o contínuo incremento da performance da rede 4G e para o processo de digitalização do país, já que tem um alcance de cobertura que é o dobro da faixa de 2600 MHz”, compara Leonardo Capdeville, CTO da TIM Brasil. Com isso, a companhia pretende, até o fim do ano, alcançar 90% da população urbana do país com sua tecnologia de quarta geração.


O Metrópoles antecipou, no último mês, a informação de que as operadoras corriam contra o tempo para começar a oferecer banda larga móvel nessa frequência. A Claro convocou a imprensa para uma coletiva na próxima terça-feira (25), em que também deverá anunciar novidades sobre a sua atuação nessa frequência.

A empresa já utiliza a faixa, por meio de licença provisória concedida pela Anatel, para oferecer sinal de 4,5G LTE Advanced, uma evolução da tecnologia atual.

Daniel Ferreira/Metrópoles

 

Fonte: *Via Metropole/Clipping

COMENTÁRIOS