compartilhar

PONTE DO BRAGUETO: Acesso ao Lago Norte será alterado para obras nesta quarta (3)

Interrupção será em via usada principalmente por ônibus, para permitir construção de viaduto na saída da Ponte do Bragueto, que integra o Trevo de Triagem Norte Comentar

Uma das entradas para o Lago Norte será interditada em razão de nova etapa das obras do Trevo de Triagem Norte. A partir de quarta-feira (3), a segunda alça de acesso, sentido Asa Norte —Torto, terá o trânsito interrompido para construção de um viaduto.

Por ela circulam principalmente ônibus e, por causa das mudanças, veículos leves e coletivos deverão usar a primeira passagem, à direita, logo após a Ponte do Bragueto, para acessar a DF-009.

O Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER-DF) fará a interrupção da via a partir das 10 horas.

A operação deve durar poucos minutos, tempo suficiente para a autarquia redirecionar os veículos.

 

A interrupção da via não trará prejuízos ao trânsito da região, uma vez que o fluxo mais intenso ocorre na primeira alça de acesso. As superintendências de Trânsito e de Obras do DER acompanham a ação.

Terá duração de quatro meses a interdição para erguer o viaduto. Somente após esssa etapa serão feitos novos acessos ao Lago Norte. A primeira fase inclui escavações na área, seguida do encabeçamento do viaduto — elevação da passagem.

Usuários de transporte coletivo devem ficar atentos

A parada de ônibus antes da segunda entrada para a sede da Região Administrativa também será desativada. Para não prejudicar os passageiros, DER-DF e Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans) construíram um abrigo de ônibus na saída da Ponte do Bragueto.

A velocidade da via será reduzida para 50 quilômetros por hora. Placas alertarão os condutores para as mudanças no tráfego e na velocidade permitida. Além disso, os bloqueios feitos em novembro de 2016 permanecem inalterados.

Trevo de Triagem Norte e Ligação Torto-Colorado

O Trevo de Triagem Norte é composto por dez obras, entre pontes, viadutos e túneis. O objetivo é distribuir o fluxo de veículos com destino ao Plano Piloto, levando ao Eixão Norte e Sul, à Avenida W3, aos Eixinhos Leste e Oeste e à Avenida L2.

Somadas às passagens previstas na Ligação Torto-Colorado — construção de uma pista marginal à DF-003 e de novos acessos aos condomínios —, serão 23 intervenções.

As benfeitorias no Trevo de Triagem Norte e na Ligação Torto-Colorado vão custar, ao todo, R$ 207 milhões — R$ 146 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), R$ 51 milhões de contrapartida do governo de Brasília e R$ 10 milhões da Agência de Desenvolvimento do DF (Terracap).

 

COMENTÁRIOS