compartilhar

PLACA ILEGAL: Polícia Civil coíbe comércio ilegal de placas de veículos no SIA

Estabelecimentos cobravam até R$ 250 para adulteração de placas veiculares

A Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos (DRFV) deflagrou, nesta quarta-feira (4/5), uma operação em quiosques e pontos clandestinos localizados no Setor de Indústrias e Abastecimento (SIA).

 

Os responsáveis por esses estabelecimentos são acusados de confeccionar e comercializar placas de veículos, de forma irregular e ilícita.

De acordo com a investigação, os donos dos quiosques burlavam o controle estabelecido pelo Departamento de Trânsito (Detran).

Divulgação/PCDF

Dessa forma, clandestinamente, alimentavam a ação de criminosos que roubam ou furtam veículos no Distrito Federal.

 

Em levantamentos feitos pela DRFV, ficou comprovado que os estabelecimentos clandestinos cobravam, em média, R$ 250 pelos serviços. Após a adulteração da placa, os criminosos conseguiam tempo para promoverem a completa adulteração de outros itens do veículo, como vidros, chassi, motor e etiquetas.


“É um problema que deve ser eliminado. A placa é o primeiro item adquirido para a adulteração do veículo, dificultando a localização pelos órgãos de segurança pública”, explica o delegado-chefe da DRFV, Marco Aurélio Vergílio, que comandou a Operação Placa Legal.


A ação contou com a atuação de policiais da DRFV, agentes do Detran e da Agência de Fiscalização (Agefis). (Com informações da PCDF)

 

 

Fonte: *Via Metropole/Clipping

COMENTÁRIOS