compartilhar

ANIVERSÁRIO DO GUARÁ: Desfile cívico-militar celebra os 48 anos da cidade-satélite

Na manhã desta sexta-feira (5), Avenida do Contorno recebeu o evento, que contou com a participação de estudantes

Com o uso consciente da água como tema, o desfile cívico​-militar para comemorar os 48 anos do Guará ocorreu na manhã desta sexta-feira (5), na Avenida do Contorno, em frente à administração regional. O governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, prestigiou a atividade.


Alunos de escolas públicas e particulares, ciclistas e integrantes de motoclubes estavam entre os participantes. 

A distância de 1,5 metro entre ciclistas e motoristas também foi destaque na programação, que contou com apresentações do Corpo de Bombeiros, da Polícia Militar e do Departamento de Trânsito  (Detran).

“É uma alegria muito grande estar aqui nos 48 anos do Guará, uma cidade importante para o Distrito Federal, onde estamos fazendo investimentos importantes”, disse Rollemberg, ao citar as ações de desobstrução do Parque Ecológico Ezechias Heringer, a entrega de dois terminais de ônibus (Guará I e Guará II) e as obras do papa-entulho na localidade.

O governador Rodrigo Rollemberg prestigiou o evento na manhã desta sexta-feira (5)

O governador Rodrigo Rollemberg prestigiou o evento de comemoração do aniversário do Guará na manhã desta sexta-feira

O governador estava acompanhado dos secretários das Cidades, Marcos Dantas, e de Educação, Júlio Gregório Filho, do administrador regional do Guará, André Brandão Péres, e do deputado distrital Rodrigo Delmasso (Podemos). Após o evento, as autoridades participaram do tradicional corte do bolo.

Obras do papa-entulho no Guará

Antes de assistir ao desfile, Rollemberg visitou as obras do papa-entulho, próximo à administração regional. Com valor aproximado de R$ 140 mil, o espaço será inaugurado em breve.

Quando isso ocorrer, poderá receber, diariamente e por pessoa, até 1 metro cúbico (equivalente a uma caixa de água de mil litros) de resíduos da construção civil, materiais volumosos (como móveis) e restos de podas.

Espaço semelhante funciona desde março em Ceilândia, onde, nos primeiros sete dias, foi depositada 1,82 tonelada de resíduos.

Nome da cidade-satélite homenageia o lobo-guará

O Guará foi criado em 1969 com o objetivo de abrigar os funcionários públicos da capital. O nome é uma homenagem ao lobo-guará, espécie típica do Cerrado, encontrada comumente antes da urbanização.

As festividades de aniversário da cidade se estendem até 30 de maio. No domingo (7), o Salão de Múltiplas Funções recebe um campeonato de dança, das 10 às 22 horas. Para os que precisam ensaiar alguns passos antes da competição, haverá o Forró da Folia no sábado (6), no mesmo espaço, a partir das 22 horas.

 

COMENTÁRIOS