compartilhar

CODHAB: O déficit habitacional na Grande Brasília é de 120 mil unidades, diz presidente da autarquia do GDF

É PRECISO UMA "MUDANÇA CULTURAL" PARA RESOLVER O PROBLEMA, ACREDITA PRESIDENTE DA CODHAB. META DA GESTÃO ATUAL É ENTREGAR 63 MIL NOVAS ESCRITURAS NESTE ANO

O presidente da da Companhia de Desenvolvimento Habitacional (Codhab), Gilson Paranhos, declarou que o déficit habitacional no DF é de 120 mil habitantes.

 

O anúncio foi feito durante apresentação do relatório de atividades da pasta à Comissão de Fiscalização, Governança, Transparência e Controle da Câmara Legislativa.

 

De acordo com Paranhos, o Distrito Fedreal tem cerca de 40 mil novos habitantes por ano, o que causa um déficit constante. Enquanto isso, a média histórica de unidades habitacionais entregues anualmente pela companhia é de 2,5 mil.

 

A meta da gestão atual, no entanto, é entregar 63 mil novas escrituras neste ano. Até agora, 26 mil já foram entregues.

Para o presidente da Codhab, a solução do problema habitacional só vai acontecer quando houver uma “mudança cultural.” Paranhos disse ainda que, nas grandes cidades do mundo, o índice de aproveitamento da área construída é de aproximadamente 400 habitantes por hectare.

 

 

Em Brasília, o número cai para 34 habitantes. "Apesar do aumento populacional, hoje as pessoas querem lotes de, no mínimo, oito metros de largura para fazerem o que quiserem; é preciso urgente uma mudança cultural.”


Unidades para este ano

Paranhos disse que não serão abertas novas inscrições para entrega de unidades habitacionais. A prioridade é atender quem já está na fila para receber o benefício. Cerca de 90 mil inscritos são de baixa renda, acrescentou o presidente da companhia.

 

COMENTÁRIOS