compartilhar

POUSADAS DAS DROGAS: Agefis interdita pousadas usadas por traficantes e prostitutas na Asa Norte

Em uma dos estabelecimentos, a polícia encontrou mudas de maconha. Três empresários foram conduzidos à 2ª Delegacia de Polícia

Três pousadas foram interditadas pela Agência de Fiscalização do Distrito Federal (Agefis) na manhã desta terça-feira (16/5).

Localizados nas quadras 703 e 704 Asa Norte, os estabelecimentos, segundo a Polícia Civil, que também participa da operação, eram usados como pontos de prostituição e tráfico de drogas.

A unidade do Bloco C da 703 Norte já havia sido interditada em 2012 e multada em 2016, no valor de R$ 2.064,04.

A pousada instalada no Bloco I da mesma quadra foi fechada em 2015 e também recebeu notificação, no ano passado, de R$ 6.192,12.

Os fiscais também lacraram a do Bloco A da 704 Norte em 2015 e aplicaram multa, em 2016, que totalizou R$ 6.192,12.

 

Crack
No ano passado, o Metropoles chamou atenção para outro problema que as pousadas irregulares podem trazer aos moradores.

As unidades que funcionam na 704 Norte foram transformadas em bases de apoio para distribuidores de crack e em refúgio para usuários de entorpecentes.

 

As hospedarias são alvos de uma investigação conduzida pela Seção de Repressão às Drogas (SRD), da 2ª Delegacia de Polícia (Asa Norte), que mira em cerca de 10 estabelecimentos do tipo na região.

 

 Em uma das pousadas, a polícia encontrou mudas de maconha. Os três empresários responsáveis pelos estabelecimentos foram conduzidos à 2ª Delegacia de Polícia (Asa Norte) e autuados por desobediência. Como o crime é de menor potencial ofensivo, eles assinarão um Termo Circunstanciado no qual se comprometem a comparecer em juízo.(*Por:Mirelle Pinheiro)

Michael Melo/Metrópoles

 

 

Fonte: *Via Metropole/Clipping

COMENTÁRIOS