compartilhar

TAMBÉM NO CERRADO: PF faz operação contra Fernandinho Beira-Mar e cumpre mandados no Distrito Federal

A Justiça também determinou o bloqueio de 51 contas bancárias que são utilizadas pela facção criminosa criada por Beira-Mar

A Polícia Federal deflagou nesta quarta-feira (24/5) uma operação para coibir as ações criminosas do traficante Luiz Fernando da Costa, mais conhecido como Fernandinho Beira-Mar.

Os agentes cumprem, simultaneamente, 22 mandados de prisão preventiva, 13 de prisão temporária, 27 de condução coercitiva (quando se é obrigado a depor) 85 mandados de busca e apreensão e nove interdições no Distrito Federal, Rondônia, no Rio de Janeiro, Paraíba, Ceará e Mato Grosso do Sul.

Resultado de imagem para fernandinho beira mar

O esquema que é alvo da operação, batizada de Epístolas, ultrapassa do tráfico de drogas e chega às máquinas de caça-níquel, a venda de botijões de gás, cigarros e cestas básicas, além da prestação de serviço de mototáxi e de abastecimento de água.

Com os negócios paralelos, o criminoso lucrou, ao menos, R$ 1 milhão por mês.


“Para tentar comprovar a origem dos rendimentos, foi montado um forte esquema de lavagem de capitais através de empresas de fachada e estabelecimentos comerciais, sobretudo casas de shows e bares, além de aquisições e reformas imobiliária”, disse a PF por meio de nota.


 

As investigações tiveram início há cerca de um ano com a apreensão de um bilhete picotado em uma marmita, encontrado por Agentes Federais de Execução Penal na Penitenciária Federal de Porto Velho (RO), onde Fernandinho cumpre pena. Após a reconstituição e exame grafotécnico, atestou-se ter sido escrito pelo traficante. Pelo documento, foi possível identificar ordens a outros integrantes do grupo que se encontravam em liberdade.


Foram apreendidos cerca de 50 bilhetes redigidos ou endereçados ao interno que eram entregues por um esquema altamente elaborado e sofisticado para a transmissão de seus recados, informou a PF. Ainda de acordo com os investigadores, não há indícios de participação ou facilitação por parte de servidores públicos.


As localidades onde foram constadas a atuação do criminoso são a favela Beira-mar, o Parque das Missões e o Parque Boavista, que ficam em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Homens do Comando de Operações Táticas (COT), a tropa de elite da PF, saíram de Brasília nesta semana para cumprir os mandados nas comunidades do Rio de Janeiro.

A Justiça também determinou o bloqueio de 51 contas bancárias que são utilizadas por Beira-Mar. De acordo com as investigações, ele movimentou R$ 9 milhões em dois anos. Entre os alvos dos mandados de prisão estão a irmã do traficante, que é advogada; a mulher dele, que já está presa; o próprio Fernandinho Beira-Mar, que também cumpre pena; dois advogados, além dos filhos e sobrinhos.

Ainda segundo as apurações da PF, o criminoso tem R$ 30 milhões em bens que estão em nome de terceiros. Fernandinho Beira-Mar foi condenado a quase 320 anos de prisão por diversos crimes.


Epístola
O termo epístola é utilizado para denominar textos escritos de maneira coloquial em forma de carta, com objetivo, ou não, de serem enviados ou obter respostas dos destinatários.

 

Fonte: *Por:Mirelle Pinheiro/Metropole/Clipping

COMENTÁRIOS