Image and video hosting by TinyPic

 

Image and video hosting by TinyPic

 

compartilhar

NEGOCIAÇÃO DE DÍVIDAS: Endividados brasilienses terão mais apoio no Tribunal de Justiça

Em caso de dívidas contraídas por má administração do orçamento familiar, por morte, doença, desemprego, divórcio, e redução de renda, é oferecido ajuda para renegociação das dívidas, oficinas de educação financeira e ajuda psicológica

Com intuito de oferecer apoio a pessoas endividadas, após um ano de lançamento, o Programa Superendividados do TJDF (Tribunal de Justiça do Distrito Federal) contará com mais um núcleo para atender a população a partir da próxima quarta-feira (3).

 

Além de ajuda para renegociação das dívidas, o programa oferece apoio aos endividados com aulas de educação financeira e ajuda psicológica individualizada.

Mais de 500 pessoas foram atendidas pelo projeto em 2015.


Para melhor atender aos interessados em buscar uma solução consensual para os problemas financeiros e que estejam com seus nomes negativados no Serasa e SPC (Serviço de Proteção ao Crédito), será inaugurado o Centro Judiciário de Solução de Conflitos e de Cidadania do programa - o CEJUSC - Superendividados, no prédio do Fórum de Brasília.


Aptos

Conforme a portaria que estabeleceu o programa, é considerado consumidor superendividado, apto a participar do Programa, pessoa física, maior de idade, de boa-fé, impossibilitada economicamente de pagar o conjunto de suas dívidas de consumo vencidas.

 

Além disso, são analisadas se as dívidas foram contraídas por má administração do orçamento familiar, por acidentes da vida, como, por exemplo, morte, doença, desemprego, divórcio, e redução de renda sem o prejuízo do seu sustento e de sua família.


Relações de consumo e distúrbios de comportamento, como, por exemplo, a compulsão por compras também é uma das causas que dá direito a participação no programa. Após a analise e o enquadramento da pessoa no projeto, São realizadas mesas redondas, palestras, oficinas, sessões de orientação financeira e, em alguns casos, o encaminhamento psicológico.


Inauguração

Atualmente, cerca de 60 empresas credoras estão cadastradas no Superendividado. A inauguração do novo núcleo acontece às 14h, da próxima quarta-feira (3), no 9º andar do bloco B do Fórum de Brasília, no hall de entrada das alas B/C. Além no novo CEJUSC, outros nove Centros Judiciários de Solução de Conflitos e Cidadania do Tribunal, espalhados pelo DF, já estão em funcionamento desde o ano passado nas cidades de Ceilândia, Taguatinga, Guará, Paranoá, Planaltina e no Plano Piloto.

 

Fonte: *Fatoonline - clipping

COMENTÁRIOS