Image and video hosting by TinyPic

 

Image and video hosting by TinyPic

 

compartilhar

TRABALHO ESCRAVO: Terminal aéreo de Brasília terá ação preventiva contra o tráfico de pessoas

Finalidade é alertar sobre os perigos de propostas fáceis de emprego e incentivar a denúncia

Na sexta-feira (5), o Aeroporto Internacional de Brasília Juscelino Kubitschek receberá uma ação preventiva de enfrentamento ao tráfico de pessoas.

 

A iniciativa é da Secretaria de Justiça e Cidadania, que pretende orientar passageiros e funcionários do terminal sobre os perigos de propostas fáceis de trabalho em outras regiões ou países.


A data foi escolhida devido ao aumento do fluxo migratório nesta época do ano, em decorrência do feriado de carnaval. Das 9 às 17 horas, servidores da pasta informarão o público sobre a necessidade de denunciar casos suspeitos e sobre a Campanha do Coração Azul, mobilização contra o tráfico humano promovida pelo governo federal e pela Organização das Nações Unidas.


A ação ocorrerá no Centro de Atendimento ao Turista, da Secretaria de Economia, Desenvolvimento Sustentável e Turismo, e nos saguões de embarque e desembarque do aeroporto. Haverá entrega de material informativo e exposição de banners sobre o tema.


Trabalho escravo
Outra iniciativa da pasta de Justiça e Cidadania ocorreu na quinta-feira (28), quando comerciantes e visitantes da Feira dos Importados de Brasília (Feira do Paraguai) receberam orientações sobre trabalho escravo.


Para denunciar alguma situação de trabalho escravo ou de tráfico de pessoas, qualquer pessoa pode ligar para o Disque 100, da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, para o 180, da Central de Atendimento à Mulher, também do governo federal, para o 190, da Polícia Militar, ou para o 2104-1910, da Diretoria de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas e Apoio ao Migrante, da pasta de Justiça e Cidadania.

 

COMENTÁRIOS