compartilhar

AEDES AEGYPTI:Secretaria de Saúde registra 2.408 casos de dengue em 2017 no Distrito Federal

De acordo com informativo epidemiológico divulgado nesta quarta (31) pela Secretaria de Saúde, número representa queda de 85% em relação ao mesmo período do ano passado, quando houve 18.267 ocorrências

Até a 21ª semana epidemiológica de 2017 (de 21 a 27 de maio), a Secretaria de Saúde registrou 2.408 casos prováveis de dengue: 2.059 de moradores do Distrito Federal, e 349 de outras unidades da Federação.


Divulgado nesta quarta-feira (31), o Informativo Epidemiológico nº 22 mostra que o número representa uma queda de 85% em relação ao mesmo período do ano passado, que contou com 18.267 ocorrências.


Até o momento, de acordo com o balanço, foram identificados sete quadros graves da doença e uma morte por dengue em residentes da Grande Brasilia. No mesmo intervalo de 2016, houve 38 graves e 20 óbitos.


As localidades que concentram as maiores quantidades de registros são: Samambaia, Planaltina, Ceilândia, São Sebastião, Gama, Santa Maria, Taguatinga, Guará, Estrutural, Recanto das Emas, Sobradinho II, Sobradinho, Itapoã e Paranoá.


Febre chikungunya e zika vírus

Ainda segundo o levantamento da Saúde, a febre chikungunya apresentou 100 casos prováveis. Desse total, 76 vivem no "quadrilátero" e 24, no Entorno.

O zika vírus atingiu 61 pessoas em 2017 — 43 moram na capital federal e 18, em outras unidades federativas.


Não houve confirmações de doença aguda causada pelo zika vírus em gestantes brasilienses.

 

COMENTÁRIOS