compartilhar

INVERNO CHEGANDO: Ausência de nuvens aumenta sensação de frio em Brasília, aponta Inmet

Inverno começa nesta quarta e pode marcar temperatura mínima de 10 ºC. Ausência de chuva e nuvens aumenta sensação de frio até fim de agosto, segundo meteorologista.

Massa de ar frio que veio do Sul trouxe névoa e baixou a temperatura na capital federal. O Congresso Nacional ficou encoberto


Quem vive em Brasília sabe que o Cerrado gosta de brincar de deserto em alguns períodos do ano, com variação significativa entre temperaturas mínima e máxima.

Este pico climático foi o que os brasilienses sentiram na madrugada desta segunda-feira (19), que amanheceu com 11 ºC, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).


Apesar do ponteiro em queda, os termômetros podem cair ainda mais ao longo da semana, já que o inverno chega ao Planalto Central na madrugada de quarta (21).

 

De acordo com o Inmet, a temperatura pode chegar a 10 ºC por conta das massas de ar frio que vem do hemisfério sul. O inverno se estende até 22 de setembro – com intensidade decrescente.Congresso Nacional amanhece encoberto por neblina. (Foto: Fernando Caixeta/G1)

A meteorologista Morgana Almeida explicou ao G1 que a escassez de chuvas também contribui para a queda dos termômetros, mas as temperaturas amenas mantêm a umidade entre 30% e 25% até agosto – quando "os índices de umidade tendem a abaixar cada vez mais, chegando a nível crítico no final do mês".

 

"Além das massas de ar frio, como não temos chuva, nem nuvem, toda radiação absorvida durante o dia é dissipada, porque as nuvens funcionam como um cobertor."

 

Segundo ela, até agosto as temperaturas devem-se manter entre 10 ºC e 13 ºC a mínima – especialmente no período da manhã – e 26 ºC e 24 ºC a máxima. A partir de então, nas últimas semanas de inverno, as temperaturas começam a se elevar, subindo para 14ºC a mínima e 27ºC a máxima.

 

Fonte: *Via G1/Clipping

COMENTÁRIOS