compartilhar

LICENCIAMENTO ATRASADO: Motoristas têm até 1º de setembro para regularizar situação de veículo

Até agora, somente 37% da frota distrital está licenciada. Para receber o documento, é preciso pagar taxas e multas, além de atualizar o endereço residencial, em caso de mudança

A fiscalização sobre o porte obrigatório do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) de 2017 começará em 1º de setembro.

 

Quem não recebeu o documento deve entrar no site do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran) para verificar se existe alguma pendência ou restrição.


Até agora, apenas 628.016 veículos estão licenciados, o que corresponde a 37,1% da frota de Brasília, que é de 1.689.902 veículos.

Também é necessário manter o endereço atualizado no Detran. A cada dez documentos, quatro são devolvidos porque as pessoas se esquecem de avisar a autarquia quando mudam de domicílio.


Punição para quem dirige sem licenciamento

O condutor sem o licenciamento comete infração de natureza gravíssima, com multa de R$ 293,47, sete pontos na carteira nacional de habilitação (CNH) e remoção do veículo, além de precisar pagar guincho, diária, vistoria e serviço de liberação do veículo, conforme o Código Brasileiro de Trânsito.


Somente neste ano o Detran já levou 11.854 veículos ao depósito, sendo 9.063 por falta do documento de porte obrigatório. No ano passado, entraram no depósito 23.299 veículos, 14.919 pelo mesmo motivo.


Como receber o CRLV

Para receber o CRLV, o proprietário precisa pagar o imposto sobre a propriedade de veículos automotores (IPVA), o seguro obrigatório DPVAT, a taxa de licenciamento e as multas pendentes.

 

COMENTÁRIOS