compartilhar

CRISE HÍDRICA: Captação de água do Bananal e Paranoá deve começar em setembro, diz GDF

Anúncio foi feito por Rollemberg em visita às obras do Bananal, que estão 41% concluídas. Avanço no Paranoá está em 18%; governo não descarta possibilidade de usar volume morto.

A captação de água dos reservatórios do Bananal e do Lago Paranoá deve começar a funcionar em setembro, segundo o governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg.

O anúncio foi feito durante visita às obras do Bananal nesta quarta-feira (28).

De acordo com o presidente da Caesb, Maurício Ludovice, até o momento, 41% da obra foram concluídos. Já no Paranoá, os trabalhos começaram há um mês e avançaram 18%.

Rodrigo Rollemberg visita obra do reservatório do Bananal (Foto: Beatriz Pataro/G1)

Há três meses do prazo anunciado, Rollemberg explicou que a construção não será completamente finalizada até final de setembro, mas garantiu que a captação para o sistema de abastecimento poderá ser feita mesmo assim.

Apesar da água vinda dos novos reservatórios, o governo não descarta a possibilidade de usar o volume morto, caso seja necessário.

“Estamos acompanhando a evolução das barragens. Apesar de estarem com 49% da capacidade, a redução do volume está acontecendo em um ritmo menor do que nos anos anteriores. Ao final da seca teremos 1.400 litros por segundo em todo sistema, tanto aqui do Bananal quanto no Paranoá", disse o governador.

 

"Esperamos não precisar usar o volume morto, mas se for necessário, isso será feito."

 

Ludovice, também não descartou a possibilidade de recorrer a esta alternativa, mas disse que agora a prioridade é outra. “Estamos focados na produção de água via Bananal e Paranoá e na redução de perdas."

 

Avanço das obrasResultado de imagem para obras do bananal  df

 

De acordo com Ludovice, no reservatório do Bananal, a parte de concreto da unidade que faz o bombeamento de água já está pronta. Na próxima semana, a equipe de alvenaria deve começar a fazer o acabamento. Depois, será feita a montagem eletromecânica.


O sistema, em conjunto com a captação do Lago paranoá, vai reforçar o abastecimento do reservatório de Santa Maria. Cada um terá vazão média de 700 litros por segundo.

De acordo com Maurício Luduvice, a bacia do Descoberto vai receber metade dos recursos por transposição.

Resultado de imagem para obras do bananal  df

De acordo com GDF, o investimento em captação e "transporte de água" será de R$ 20 milhões. O governo afirma que só o Bananal poderá abastecer cerca de 170 mil habitantes. Ao ser integrado ao sistema de Santa Maria, deve fornecer água para 11 localidades da Grande  Brasília.

 

Fonte: *Via G1/Clipping

COMENTÁRIOS