compartilhar

AMEAÇA DE GREVE: Com reivindicação dos rodoviários, transporte na capital federal está com frota reduzida

RODOVIÁRIOS REDUZEM VIAGENS EM 30% EM COBRANÇA POR REAJUSTE SALARIAL

Cobrando reajuste salarial, os rodoviários diminuíram em 30% a frota do transporte público da Grande Brasília, nesta segunda (3).

A oferta do serviço está reduzida nas horas de pico, das 5h e das 18h. A previsão é que o mesmo ocorra durante toda a semana.


 

A paralisação das chamadas “meias-viagens”, ou seja, as horas extras, é uma reivindicação dos rodoviários por reajustes salariais.

A decisão foi tomada durante assembleia neste domingo (2), quando a categoria rejeitou proposta de reajuste de salário, cesta básica e vale-alimentação em 3,9%.


O pedido da categoria é de 10% de reajuste salarial, 20% no vale-alimentação e passe livre do metrô.

As empresas afirmam que não há possibilidade de atender a demanda dos rodoviários. Greve é considerada pelos rodoviários.

 

COMENTÁRIOS