compartilhar

LOCAL ERRADO, HORA ERRADA: Rollemberg demite diretor-adjunto do Zoológico após “fora Temer”. VEJA VÍDEO

Erico Grassi abriu com um protesto entrevista sobre a colônia de férias do Jardim Zoológico na manhã desta quarta. Manifestação custou cargo

O diretor-adjunto do Jardim Zoológico de Brasília, Erico Grassi Cademartori, foi exonerado na tarde desta quarta-feira (5/7) pelo governador Rodrigo Rollemberg (PSB).

Pela manhã, durante entrevista sobre agenda institucional do zoo à TV Globo, Grassi soltou logo no início da sua explanação, ao vivo, um “fora Temer”.

De acordo com nota da assessoria do Governo do Distrito Federal, o governador conversou com o diretor-adjunto por telefone e explicou que Grassi concedia entrevista na condição de agente público, devendo, portanto, evitar manifestação política.

Por esse motivo, acabou desligado da administração pública. Erico Grassi, que é do mesmo partido do governador Rodrigo Rollemberg, o PSB, colocou-se à disposição para realizar a transição do cargo antes de deixar o zoo de Brasília.

 

Assista o vídeo da entrevista: 

 

Fontes do Palácio do Buriti revelaram ao Metropoles que a atitude de Grassi causou mal-estar na cúpula do GDF. Em maio, após a delação de Joesley Batista contra Michel Temer (PMDB-SP), o governador Rodrigo Rollemberg declarou acompanhar a posição do seu partido a favor da renúncia do presidente e pelas eleições diretas.

À época, fez o anúncio pelas redes sociais e chegou a dizer que o país vive uma “crise institucional sem precedentes”. Porém, Rollemberg manteve relações cordiais com o Palácio do Planalto, já que parte do orçamento do GDF vem de repasses da União.

 

Nota do GDF

O governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, decidiu exonerar o diretor-adjunto do Jardim Zoológico, Erico Grassi Cademartori, por sua atitude durante entrevista a uma emissora de televisão nesta quarta-feira (5).

 

O governador conversou, por telefone, com o diretor-adjunto e explicou que ele concedia entrevista na condição de agente público, devendo, portanto, evitar manifestação política.

 

Cademartori colocou-se à disposição do Governo para realizar a transição do cargo.

 

Fonte: *Via Metropole/Clipping

COMENTÁRIOS