compartilhar

3 MIL EQUIPAMENTOS: GDF começa entregar cadeiras de rodas aos pacientes cadastrados

A Secretaria de Saúde começou, nesta semana, a entrega de, aproximadamente, 3 mil cadeiras de rodas aos pacientes cadastrados e avaliados pelo Núcleo Ambulatorial de Órteses e Próteses.

O primeiro lote, com 708 unidades e orçado em R$ 896.910,76, está pronto para ser distribuído aos usuários.Resultado de imagem para cadeira de rodas df

Segundo Camila Medeiros, gerente de Saúde Funcional, a previsão é de que os dois lotes iniciais – o segundo com 600 cadeiras – sejam entregues ainda neste ano e o restante das 3 mil unidades em 2018. “Esta entrega inclui as modalidades para banho, obeso, tetraplégico infantil e adulto, monobloco [contam com diferencial de fechamento e são mais leves] e as motorizadas”, esclareceu a gestora.


ENTENDA  O Programa de Órteses e Próteses, responsável pela distribuição de cadeiras de rodas na Secretaria de Saúde do Distrito Federal, existe desde 2007.

Entre os anos de 2009 e 2016, foram entregues 10.350 cadeiras de diversos modelos. A média de entrega depende da demanda de pacientes e da disponibilidade dos produtos em estoque.

A última compra regular da pasta foi feita em 2014.

Resultado de imagem para cadeira de rodas  GENTE POBRE

O programa também compreende o fornecimento de próteses para membro inferior e superior, talas, andadores, bengalas, palmilhas, calçados especiais, coletes para deformidade torácica, entre outros.


Para se cadastrar, o paciente deve comparecer ao Núcleo Ambulatorial de Órteses e Próteses, situado na Estação do Metrô da 114 Sul, de posse do parecer médico indicando a necessidade do uso de cadeira de rodas. No local, será agendada nova consulta com especialista, para avaliar as especificações do produto requisitado.

Após esse procedimento, será marcada a entrega do material.

DADOS  Em 2015, foram entregues 1.531 cadeiras de rodas o que, praticamente, zerou a lista de espera pela maioria dos modelos. Em 2016, quando foram entregues 364 cadeiras, foi gerada nova lista de demanda. Atualmente, cerca de 3 mil pessoas aguardam por um equipamento.

 

COMENTÁRIOS