compartilhar

OBRA PARADA: Atraso no pagamento a fornecedores paralisa obras do Hospital da Criança

A PREVISÃO É QUE A OBRA DO 2º BLOCO SEJA INAUGURADA EM OUTUBRO

As obras do segundo bloco do Hospital da Criança de Brasília José Alencar estão quase no fim.

 

A construção tem parceria entre o Governo do DF e a Organização Mundial da Família (OMS).

Apesar do investimento de cerca de R$ 102 milhões, segundo dados do GDF, fornecedores não foram pagos no último mês.

 

Por conta da falta de repasse, as obras acabaram suspensas devido a uma liminar. O fato não foi confirmado pela assessoria do hospital ou pelo GDF.

 

Denúncia aponta que os atrasos são comuns e que, por consequência, faltam materiais na obra. "Dificulta o trabalho”, reclamou o denunciante, que preferiu não se identificar.

Segundo ele, o pagamento é realizado pela União Nacional das Associações de Proteção à Maternidade, Infância e Família (UNAPMIF), ligada à OMF.


Questionados, o GDF e a UNAPMIF não responderam até o horário da publicação da reportagem.

Obras

A previsão é que a inauguração aconteça em outubro. A nova ala vai abrigar mais 202 leitos, além de apoio para os serviços da unidade de saúde especializada.

Segundo o GDF a expectativa é que o hospital atenda toda a demanda de média e alta complexidades de pediatria do Distrito Federal.

O hospital é gerenciado pelo Instituto do Câncer e Pediatria especializada.

Atualmente, são 7 mil metros quadrados, com 30 consultórios médicos e 22 leitos de internação. A unidade não atende emergências, e os pacientes são encaminhados pelos postos de saúde.

 

Fonte: *Via Diário do Poder/Clipping

COMENTÁRIOS