compartilhar

SANCIONADO POR TEMER: Rollemberg e Filippelli não participam da sanção de leis para regularização fundiária no Planalto

Quase sete meses depois de enviar ao Congresso a Medida Provisória 759, que trata de regularização fundiária, o presidente Michel Temer sancionou ontem o texto aprovado num cenário político bem diferente do momento em que concebeu o projeto. Dois pe

Quase sete meses depois de enviar ao Congresso a Medida Provisória 759, que trata de regularização fundiária, o presidente Michel Temer sancionou ontem o texto aprovado num cenário político bem diferente do momento em que concebeu o projeto.

 

Dois personagens que aplaudiram a proposta, o ex-vice-governador Tadeu Filippelli (PMDB), que se envolveu diretamente na discussão sobre o assunto no DF, e o governador Rodrigo Rollemberg (PSB) não participaram da solenidade no Palácio do Planalto. Filippelli perdeu o cargo de assessor especial do presidente depois da prisão na Operação Panatenaico.Rollemberg e Filippelli não participam da sanção de leis para regularização fundiária no Planalto

 

Rollemberg se afastou politicamente de Temer, depois da delação premiada de Joesley Batista, e aprovou resolução do PSB a favor do impedimento de Temer. Antes do envio da MP, Rollemberg recebeu Filippelli no Palácio do Buriti para discutirem adaptações da legislação para o Distrito Federal.

 

Simples assimResultado de imagem para michel temer assina

No discurso da regularização fundiária da MP 759, o presidente Michel Temer disse que, em um ano e um mês de governo, fez nessa área mais que os antecessores em 20 anos. Ele considerou “frugal”, “trivial” e “singelo” o processo de titulação de propriedades de terras, tema que sempre despertou muita controvérsia. 

 

Penetra

Filiado ao PMDB, o senador Hélio José (DF), vice-presidente da Comissão Mista do Congresso que debateu a MP 759, apareceu na solenidade de sanção, mas não foi convidado. Sequer foi citado no discurso do presidente Michel Temer. Ele se sentou na plateia sem as deferências do Palácio do Planalto para parlamentares. Virou penetra depois de votar contra a reforma trabalhista na Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado.

 

Saudação a IzalciResultado de imagem para izalci

Presidente da comissão mista que discutiu a MP 759, o deputado Izalci Lucas (PSDB/DF) recebeu uma saudação especial do presidente Michel Temer na solenidade ontem. O parlamentar integra o PSDB, partido que ensaia desembarcar do governo e ainda é um voto a ser conquistado no plenário contra o recebimento da denúncia do procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

 

Fonte: *Por:Ana Maria Campos/CBPoder/Clipping

COMENTÁRIOS