compartilhar

PARANOÁ: Rodoviários pararam hoje e deixaram passageiros sem ônibus na cidade-satélite

Motoristas e cobradores cruzaram os braços em solidariedade a colega afastado das atividades após condenação

Rodoviários da Viação Pioneira pararam as atividades no Paranoá por volta das 4h desta quinta-feira (13/7).

A decisão é em solidariedade a um motorista que teria sido afastado das atividades após a empresa ser condenada a pagar indenização a uma passageira, vítima de acidente em um ônibus no Distrito Federal.


Segundo o diretor do Sindicato dos Rodoviários José Carlos da Fonseca (Gibran), à época do acidente, o motorista trabalhava para a empresa de ônibus Viação Planeta. “A ação foi movida contra a antiga Viação Planeta, que hoje é a Pioneira. O valor do ressarcimento chega a R$ 8 mil e eles (a empresa) querem cobrar o dinheiro do motorista. Ele não teve nenhuma culpa”, afirmou.


De acordo com o sindicato, cerca de 460 motoristas e cobradores cruzaram os braços e 140 coletivos estão sem rodar. Com o ato, paradas de ônibus ficaram lotadas e passageiros do Paranoá e Itapoã acabaram embarcando em vans piratas.

 

“Estamos tentando contato com os diretores da Pioneira para que eles se sensibilizem e, só depois do acordo, voltaremos a rodar”, acrescentou Gibran.


Segundo a Viação Pioneira, o funcionário foi afastado das atividades para discutir o tema até que a situação seja resolvida.  A empresa informou que o motorista foi condenado pela Justiça e um advogado acompanha o caso para dar o suporte necessário ao empregado.

 

Fonte: *Por:Nathália Cardim/Metropole/Clipping

COMENTÁRIOS