compartilhar

REFORMA: Projeto de revitalização de praça da Ponte JK é apresentado ao governo

Empresários de bares e restaurantes da região debateram demandas da categoria com o governador RR

Empresários de bares e restaurantes da orla da Ponte JK, no Setor de Clubes Esportivos Sul, reuniram-se para apresentar ao governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, um projeto de revitalização da praça e de outros espaços públicos no local.

A intenção do grupo, formado por 36 empreendedores, é fazer parcerias para melhorar a segurança e a qualidade de vida dos frequentadores das imediações, num trabalho conjunto com o governo, por meio da Administração Regional do Plano Piloto.

Empresários apresentaram ao governador Rollemberg proposta de revitalização da região da orla da Ponte JK.

Rollemberg apreciou a iniciativa e ressaltou que o governo tem todo interesse em deixar o espaço melhor. “Vamos continuar combatendo rigorosamente o comércio ilegal e queremos fomentar o uso qualificado do lago, por meio de atividades esportivas, de entretenimento e lazer”, destacou o chefe do Executivo.

O governador pediu que a associação encaminhe as propostas para a administração e disse ter todo interesse em fazer parcerias com o grupo. “Juntos, vamos buscar alternativas para garantir a segurança da área e fazer a manutenção adequada para que a população possa usufruir deste espaço.”


"Vamos continuar combatendo rigorosamente o comércio ilegal e queremos fomentar o uso qualificado do lago, por meio de atividades esportivas, entretenimento e lazer" - Rodrigo Rollemberg, governador

O encontro ocorreu em um dos restaurantes da orla, às margens do Lago Paranoá. Entre as benfeitorias previstas está a construção de um novo parque infantil, a reconstrução de calçadas e adequações de acessibilidade. O grup

o também planeja fomentar eventos culturais e esportivos no local.

Representante da Associação Empresarial do Centro de Lazer Beira Lago, o empresário Roberto Magnani reforçou a importância do local para a cidade. “Precisamos resgatar essa área, tão essencial para o desenvolvimento do turismo e do comércio”, disse.

Anfitrião entre os empreendedores, Magnani elencou algumas causas pra a deterioração da área, como comércio informal e consumo de bebidas por menores de idade.


Para resgatar a área pública e, consequentemente, os negócios que ali funcionam, os empresários resolveram fazer denúncias e começaram a promover uma série de ações em parceria com o governo.

Em junho, a Administração Regional do Plano Piloto iniciou a cooperação com a categoria. Foram revitalizadas as calçadas e retirados os equipamentos sucateados que existiam na área de lazer.


Além disso, a Agência de Fiscalização do Distrito Federal (Agefis) intensificou a fiscalização para coibir o comércio irregular no local.

Para dar continuidade às benfeitorias, o administrador regional, Gustavo Amaral, foi orientado a se reunir com os empreendedores para avaliar a viabilidade das propostas.

Também participaram do evento nesta noite os secretários de Economia e Desenvolvimento Sustentável, Antônio Valdir Oliveira Filho, e das Cidades, Marcos Dantas.

 

COMENTÁRIOS