compartilhar

ESTADO DE ATENÇÃO: Umidade do ar chega ao menor índice do ano no Distrito Federal; chuva só em setembro, diz INMet

Instituto Nacional de Meteorologia registrou umidade de 22% nesta quarta-feira. Índice ideal gira em torno de 60% segundo OMS; DF está em 'estado de atenção'.

A estação automática do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) registrou nesta quarta-feira (2), 22% de umidade relativa do ar, o menor índice deste ano no Distrito Federal. O registro foi por volta de 15h.

 

Até então, o menor índice havia sido em 9 de maio, quando a umidade chegou a 23%. De acordo a meteorologista Maiane Araújo, Brasília entrou em estado de atenção.

 

“A orientação é beber bastante líquido, evitar exposição ao sol de 10h às 16h, usar protetor e se hidratar muito”.Sol forte sobre galhos secos no Guará II, no DF (Foto: Aldair Fernando/G1)

 

A Organização Mundial de Saúde (OMS) considera a umidade do ar adequada quando atinge níveis de 60%.

 

De acordo com o Inmet, a previsão é que a umidade na Grande Brasília permaneça baixa nos próximos dias. A expectativa é que as manhãs continuem frias e a temperatura aumente no período da tarde durante todo mês de agosto. Em setembro, o calor deve aumentar e, na segunda quinzena, pode chover.

Frente fria e chuva

 

Uma nova frente fria está vindo da região Sul para o Centro-Oeste, mas não deve atingir o Distrito Federal, diz o Inmet. O frio dessa nova corrente chegou ao estado de São Paulo na manhã desta quinta-feira (3) e os meteorologistas dizem que pode esfriar no sul de Goiás durante o fim de semana.

Sobre a chegada das primeiras chuvas no "quadrilátero", o Inmet diz que elas só devem ocorrer na segunda metade de setembro, quando a "atmosfera estará se modulando para a estação chuvosa", explicou a meteorologista Ingrid Peixoto.

 

Fonte: *Via G1/Clipping

COMENTÁRIOS