compartilhar

APURAÇÃO INTERNA: DFTrans abre sindicância para apurar contrato prorrogado sem orçamento

Contrato é de R$ 14,9 milhões, referente a limpeza e conservação na sede e em unidades do DFTrans. Prorrogação irregular foi percebida pela Controladoria.

O DFTrans abriu sindicância para apurar irregularidades em um contrato de limpeza de R$ 14,9 milhões.

Segundo o governo, o contrato foi prorrogado por um ano a mais, sem que houvesse disponibilidade no orçamento.


Assinado em 2012, ele era referente a faxina e conservação na sede do órgão e nas unidades do Sistema de Bilhetagem Automático.

A prorrogação irregular foi percebida pela Controladoria-Geral do DF.

Aquela já tinha sido a segunda prorrogação do contrato.

A empresa contratada era a Paulista Serviços e Transportes.

A companhia não recebe mais pagamento do DFTrans desde fim de 2015, mas permanece contratada em outros órgãos do GDF.


A sindicância para apurar o caso foi aberta em maio de 2017. Ela foi prorrogada por mais 30 dias em 8 de agosto.

 

COMENTÁRIOS