compartilhar

NOVA GESTÃO: Estatuto do Instituto Hospital de Base de Brasília é registrado em cartório

Procedimento representa 'nascimento' do novo modelo de gestão. Iniciativa é defendida pelo governo, mas criticada por sindicatos e servidores.

Foi registrado em cartório na sexta-feira (18) o estatuto (clique para ver) do Instituto Hospital de Base do Distrito Federal. O procedimento burocrático representa o “nascimento” da instituição, que vai gerir a maior unidade de saúde da Grande Brasília.

O estatuto deixa claras as diretrizes de funcionamento, a hierarquia e organização interna do instituto e a relação entre ele e a Secretaria de Saúde.


Em 90 dias, deve ser aprovado o regimento interno da entidade. A previsão do governo é de que o instituto passe ao novo formato de gestão já em 2018.

A mudança no formato de gestão não deve ter impacto nos cofres da unidade. Para o ano que vem, o hospital permanece com o orçamento de R$ 600 milhões.


No entanto, a promessa do governo é de mais eficiência e mais atendimentos graças ao modelo novo, no hospital que é referência para casos de traumatismo.

De acordo com o governador Rodrigo Rollemberg, o modelo de gestão do instituto vai garantir agilidade na compra de medicamentos, no conserto de equipamentos e, ainda, na substituição de mão de obra, que deve possibilitar a abertura de leitos de UTI.

Sindicatos são contra a mudança. Para o presidente do Sindicato dos Médicos, Gutemberg Fialho, a proposta não garante que não haja corrupção.

“Eles dizem que o novo modelo cria uma blindagem contra a corrupção. Ora, mas o projeto cria um conselho cuja composição será indicada pelo governo. Como se pode falar de blindagem? Estão querendo criar esse instituto de forma atropelada, pois os fins são eleitoreiros.”

Resultado de imagem para ihbdf

 

Fonte: *Via G1/Clipping

COMENTÁRIOS