compartilhar

INCLUSÃO SOCIAL: APAE-DF participa e promove Semana Nacional da Pessoa com Deficiência em Brasília

Todos os anos, as Apaes de todo o Brasil promovem a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla, sempre entre os dias 21 e 28 de agosto. Neste ano, o tema para a semana de conscientização é: “Pessoa com deficiência: direitos, necessidades e realizações”. 

A Apae-DF comemora junto ao evento, seu aniversário de 53 anos e para aproximar a associação à comunidade, desenvolveu uma semana recheada de atrações. Ontem, o shopping Pátio Brasil recebeu uma exposição com mostra e venda de produtos feitos pelos aprendizes.

Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) 

A instituição nasceu em 1954, no Rio de Janeiro, em função da falta de ações públicas voltadas à inserção do portador de deficiência na sociedade, familiares uniram-se em nome da inclusão social, garantindo o direito de seus filhos portadores de deficiência intelectual de terem uma vida digna e com oportunidades.
Hoje, a Apae conta com mais de 2.100 unidades espalhadas em todo território nacional. São mais de 1 milhão de pessoas portadoras de deficiência intelectual ou múltipla atendidas anualmente. 


Em Brasília, há 4 unidades da Apae-DF, situadas na Asa Norte, Ceilândia, Guará e Sobradinho.

Atualmente na capital, cerca de 500 aprendizes estão inscritos em programas da organização não governamental. 

A associação recebe ajuda mediante convênio e parcerias públicas e privadas.

O assessor da Apae, Élio Oliveira, explicou como o poder público de Brasília participa das ações solidárias: “O que temos são convênios e parcerias com secretarias de Governo de Brasília que viabilizam nossas ações sociais. A Secretaria de Educação, por exemplo, cede alguns professores (cerca de 60) para atuarem nas unidades da Associação, complementando a própria equipe da APAE-DF. Já a Sedest - Secretaria de Desenvolvimento Social, repassa recursos para custear parte dos custos que temos com os aprendizes de baixa renda (cerca de 210). Essas são as parcerias permanentes. Fora elas, temos apoios temporários de outras secretarias e administrações regionais, que apoiam nossas ações nas cidades onde temos núcleos de atendimento”  

O Atendimento 

Resultado de imagem para apae df

A Apae-DF oferece atendimentos pedagógicos para portadores de deficiência intelectual (associada ou não a outras deficiências). As áreas de atuação são: educação profissional, programa acadêmico, além de incentivo à inclusão digital, à arte, ao esporte, à cultura e lazer. Para fazer parte do grupo, o interessado deverá passar por uma avaliação no Serviço de Atendimento Multiprofissional da associação e comprovar a necessidade do atendimento especializado. Novas vagas surgem no percorrer do ano, se no período de procura o candidato não encontrar vaga, ele entrará em uma fila de espera.

 


A instituição promove a colocação do aprendiz no mercado de trabalho, por meio de oficinas e cursos profissionalizantes. Anualmente, cerca de 50 estudantes conseguem uma vaga de emprego e a Apae viabiliza a contratação e também o acompanhamento do novo profissional até a sua perfeita integração ao trabalho. 


Roberta Mendonça, mãe da aprendiz Rebeca, contou ao Alô como o atendimento prestado pela Apae auxilou e continua auxiliando no desenvolvimento de sua filha, que teve paralisia cerebral intra uterina. “Há mais de 10 anos que ela é atendida na Apae. Ela melhorou muito na socialização, auto estima, aprendeu a respeitar os professores e colegas e ficou mais independente”. Rebeca, apesar de não ter aprendido a ler, em função da paralisia, participa de atividades como teatro, tear e participa de práticas esportivas como atletismo e natação. A mãe, senhora Roberta, afirma que nunca sofreu preconceito ou sentiu-se discriminada pela condição da filha de 37 anos.

Como ajudar

Qualquer pessoa pode inscrever-se como voluntário na Apae, não são exigidos conhecimentos específicos para integrar a equipe. O colaborador exercerá sua função mediante celebração de termo de adesão entre o voluntário e a instituição.
Há opção de ajudar a instituição por meio de doação de valores ou de equipamentos para usar nas oficinas, materiais de limpeza, uniformes, dentre outros. Para saber mais contate a Apae: 2101-0457.

 

Fonte: *Por:Erika Manhatys/Alô/Clipping

COMENTÁRIOS