compartilhar

ATRASO DE SALÁRIOS: GDF mantém negociação pela reforma da previdência dos servidores públicos

A Câmara Legislativa realiza hoje, às 15h, uma audiência pública sobre o projeto.

O governador Rodrigo Rollemberg (PSB) afirmou que o salário dos servidores referente ao mês de setembro não será parcelado, mas lançou dúvidas sobre os próximos vencimentos.

 

O Executivo ainda negocia com deputados a aprovação nesta semana do projeto que muda a previdência dos servidores públicos como condição para eliminar o risco do fatiamento este ano.

 

O pagamento da folha em dia é consequência do repasse do governo federal de R$ 265 milhões, referentes ao Fundo Constitucional. O valor cobrirá o déficit mensal de R$ 170 milhões no funcionalismo público.

 

De acordo com o GDF, atualmente o recurso para completar a despesa da seguridade é retirado da arrecadação, que é fonte dos salários. Isso ocorre porque o fundo que atende maioria dos servidores é deficitário. Já os funcionários contratados desde 2007 possuem fundo com poupança de R$ 3,7 bilhões. O projeto em discussão une as duas reservas.

 

Fonte: *Via:Destak/Clipping

COMENTÁRIOS