compartilhar

PATROAS e DIARISTAS: Dupla brasiliense cria espécie de “Uber” para contratação de "secretárias do lar"

O site Diarix une clientes que precisam de uma faxina às profissionais que podem fazer o serviço

À medida em que a vida cotidiana vai se tornando mais digital, a “uberização” — termo em referência ao aplicativo Uber e que significa a união de clientes e prestadores de serviços por meio da internet — vai chegando a mais aspectos da rotina diária.

 

Embarcando nessa onda de tecnologia, dois jovens brasilienses estão acrescentando uma nova categoria às que oferecem serviços na internet: a classe das diaristas.

Lançado em 15 de julho, o site Diarix reúne clientes que precisam de uma faxina em casa e as profissionais que oferecem esse serviço.

 

Apelidada de “Uber das diaristas”, a página funciona de maneira simples. Primeiro, o usuário se cadastra por meio do site e solicita a limpeza. Depois, a empresa envia o chamado para um grupo selecionado de diaristas. Quando alguma se interessa pelo trabalho, o Diarix envia uma confirmação ao cliente.


No dia marcado, a profissional comparece ao local indicado e realiza o serviço. Depois, o usuário pode avaliar a faxina entre uma e cinco estrelas.

O pagamento é feito on-line, por meio do cartão de crédito do usuário. Embora o serviço ainda não esteja disponível em aplicativos, o site foi desenvolvido também voltado para os navegadores de smartphones.


A ideia do Diarix é do engenheiro florestal Beto Tramontina, 28 anos. Há alguns anos, ele e um amigo, o cientista da computação Daniel Reis, 26, pensavam em abrir algum negócio, mas sempre esbarravam na inércia.


"Sempre gostamos muito de tecnologia e dessa ideia de startups, mas deixávamos na gaveta. Em junho deste ano, comecei a pensar que ia completar 28 anos e queria finalmente executar alguma iniciativa. Como sou muito apaixonado por tecnologia e inovação e pela área social, decidi criar algo que unisse as duas coisas" - Beto Tramontina, idealizador do Diarix

Pegada social
Foi daí que apareceu a ideia de conceber o Diarix. O engenheiro lembrou de quando morou fora do país e teve dificuldade em conseguir uma diarista, e pensou em como poderia ajudar essas profissionais a complementar a renda. “Percebi a demanda e a possibilidade de unir isso à necessidade das diaristas, que muitas vezes precisam trabalhar muito para conseguir pagar as contas”, explica.


Beto então levou a ideia ao amigo Daniel, que topou o desafio e ficou responsável pela criação da plataforma. Um mês após o início dos trabalhos, os amigos já estavam com o site funcionando: “A nossa ideia era começar a atender só quando tudo estivesse totalmente pronto. Mas os usuários começaram a se cadastrar e tivemos uma demanda imediata de faxinas. Então pensamos: se já existem os usuários com problemas para resolver e diaristas precisando complementar a renda, vamos começar”.

 

Pontuação
Atualmente, existem 104 clientes cadastrados, 30 diaristas pré-selecionadas e seis já efetivadas e trabalhando com o Diarix. De acordo com Beto Tramontina, todas as profissionais são indicadas e passam por uma seleção. Para continuarem trabalhando com o site, precisam manter uma média de pelo menos quatro estrelas.


Caso sejam mal-avaliadas, no entanto, não são instantaneamente excluídas do aplicativo. “Como temos uma pegada social, primeiro tentamos conversar com a profissional, entender o que aconteceu, e damos uma segunda chance. Em caso de reincidência ou de ocorrências mais graves, somos obrigados a retirar a diarista do quadro”, diz Tramontina.

Estão inclusas na faxina a limpeza de chão, de banheiros, da louça, etc.

E o valor da diária varia de acordo com o tipo de imóvel a ser asseado: R$ 89,90 para apartamentos de um quarto, R$ 129,90 para apartamentos de dois ou mais quartos, e R$ 149,90 para casas. Desses valores, a empresa retém uma taxa de 20% que, segundo o idealizador, é reinvestida na empresa e, no futuro, deve garantir a melhoria dos benefícios sociais concedidos às diaristas.

Clientes
Por enquanto, o serviço aparenta ser bem visto, já que todas avaliações feitas por clientes até agora deram a nota máxima. Uma das usuárias que utilizou o Diarix foi a engenheira florestal Thais Hagale, 28 anos. Moradora de uma quitinete na Asa Norte, ela contratou uma diarista por meio da plataforma no mês passado, e afirma ter ficado satisfeita. “Adorei, só tenho elogios. O tratamento foi diferenciado e, se a preocupação com a procedência das profissionais for mantida, pretendo utilizar novamente”, afirma.

A esteticista Heloisa Penna, 37 anos, também usou o Diarix em agosto e passou a indicar para amigos. “Fiquei sabendo do site em um grupo de moradores da minha quadra e, como tinha acabado de dispensar minha diarista, estava à procura de uma nova. Fui surpreendida positivamente pelo serviço. A profissional foi muito cuidadosa e limpou tudo com rapidez e qualidade. E ficou até mais barato do que eu costumava pagar”, diz.

O serviço também parece ser apreciado pelas diaristas. Andreia Vieira, 43 anos, que presta serviços para a Diarix há pouco mais de um mês garante que o site tem ajudado a conseguir mais clientes. “Eu tenho minhas diárias fixas e uso a plataforma nos dias vagos. Estou gostando bastante porque abriu um leque para mim. Além disso, me sinto incentivada pelas avaliações dos clientes”, afirma.

Por enquanto, o Diarix funciona apenas em Brasília, mas os idealizadores pensam em ampliar o serviço no futuro. “Dez porcento dos clientes cadastrados na plataforma são de São Paulo (SP) e um é de Goiânia (GO). Então, a demanda existe. Mas primeiro queremos nos consolidar aqui para depois pensarmos em uma expansão”, finaliza Beto Tramontina.

 

Fonte: *Por:Pedro Alves/Metropole/Clipping

COMENTÁRIOS