compartilhar

SOCIALISTAS DISTRITAIS: Eleição da Executiva do PSB-DF adiada por impasse na vice-presidência

A eleição da diretoria Executiva do PSB-DF foi adiada para 28 de setembro. Um impasse na disputa para a vice-presidência provocou a mudança da data.

 

Os delegados, presidentes das zonais e militância queriam aclamar o nome de Daniel Cunha, segundo secretário de Finanças do PSB local.

 

No entanto, Jaime Recena, candidato do atual presidente Marcos Dantas, também queria o cargo. Em uma manobra para tentar mudar o quadro, o grupo alegou que a eleição poderia interferir na votação da reforma da previdência e pediu o adiamento.

Hoje, Recena é o presidente interino na legenda do governador Rodrigo Rollemberg.

 

E o apoio do partido a outro candidato a vice demonstrou insatisfação dos integrantes com o comando. Nos bastidores, eles comentaram ter apoiado Daniel Cunha devido a forte atuação dele dentro do PSB e ao fato de o parlamentar não ser candidato a um cargo nas eleições de 2018.


 

Recena é pré-candidato. Quem fosse eleito vice no congresso da agremiação realizado neste sábado (16/9), no Salão Vermelho do Hotel Nacional, assumiria automaticamente a presidência, pois Marcos Dantas está licenciado para ocupar o cargo de secretário das Cidades no GDF.

Mesmo diante do impasse acerca da diretoria Executiva, quarenta membros do diretório local do PSB foram eleitos. Será na primeira reunião, na sede do partido, a eleição para os cargos de presidente e de vice da legenda.

 

 

 

Fonte: *Por:Manoela Alcântara/Metropole/Clipping

COMENTÁRIOS