compartilhar

MOBILIDADE URBANA: Blitz educativa abre Semana Nacional de Trânsito na Grande Brasília

Ações de conscientização seguem até 25 de setembro em diversos pontos do Plano Piloto e cidades-satélites. Além da mobilização nas vias públicas, a programação inclui atividades em escolas

As atividades educativas abordarão direção defensiva, regras de circulação, respeito ao ciclista, uso de celular no trânsito e álcool e direção

A Semana Nacional de Trânsito e Mobilidade fez, ao longo desta segunda-feira (18), uma blitz educativa no Eixo Monumental. Equipes do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran) orientam os motoristas, por exemplo, sobre os perigos do uso de celular ao volante.
 
Promovida anualmente no período de 18 a 25 de setembro, a semana é dedicada à segurança no trânsito e à mobilidade urbana sustentável.
A abertura do programa foi feita hoje pelo governador Rodrigo Rollemberg, no Salão Nobre do Palácio do Buriti.

Na solenidade, Rollemberg destacou a redução significativa de mortes nas vias públicas. De janeiro a 10 de setembro, foram registrados 173 óbitos em decorrência de acidentes de trânsito.
Em 2016, no mesmo período, foram 272, quase 60% mais.
“Nós estamos com o menor número de mortes no trânsito na história de Brasília. É importante lembrar que a população aumentou, o número de carros também subiu e, ainda assim, houve redução de 99 mortes neste ano, comparado ao mesmo período do ano passado”, destacou o governador.

Palácio do Buriti, Brasília, DF, Brasil 18/9/2017 Foto: Dênio Simões/Agência Brasília.A Semana Nacional de Trânsito e Mobilidade foi aberta no Distrito Federal com solenidade no Palácio do Buriti, com a presença do governador Rodrigo Rollemberg. Promovida anualmente no período de 18 a 25 de setembro, a semana é dedicada à segurança no trânsito e à mobilidade urbana sustentável.De acordo com o diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER-DF), Henrique Luduvice, as blitze educativas contribuíram para essa redução. Para ele, a conscientização da população é de extrema importância.

A finalidade da iniciativa, segundo o governador, é garantir um trânsito mais seguro e mais humano. “É essa Brasília que queremos mostrar para o resto do mundo. E esta não é uma conquista do governo. O governo tem grande responsabilidade, mas essa é sobretudo uma conquista da nossa sociedade”, ressaltou.

Ações educativas da Semana do Trânsito

Durante toda a semana, serão desenvolvidas atividades educativas, com destaque para o respeito ao pedestre e a mobilidade urbana, por meio dos projetos Cine Detran e Cine Pedal Brasil.

Serão feitas também blitze educativas e atividades que abordarão direção defensiva, regras de circulação, respeito ao ciclista, uso de celular no trânsito, álcool e direção, além de cursos para pedestres e exposições.

As atividades ocorrerão em vias, parques ecológicos, escolas, na Câmara Legislativa, no Museu Nacional, no Serviço Social do Comércio (Sesc) e em faculdades, entre outras localidades.

Os participantes receberão material educativo, a exemplo do Código de Trânsito Brasileiro e cartilhas com regras de circulação para ciclistas e pedestres.

Gentileza no transporte coletivo

O diretor-geral do Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans), Léo Carlos Cruz, aproveitou a abertura da programação para anunciar o lançamento do concurso que elegerá o motorista e o cobrador mais gentil.

A proposta faz parte do Projeto Mobilidade e Gentileza, lançado em maio para estimular boas práticas da gentileza dentro do transporte coletivo.

O concurso será dividido em três etapas. Na primeira fase, a população poderá eleger, de 18 de setembro a 27 de outubro, os profissionais que vão entrar no ranking e disputar os títulos. Serão escolhidos 50 funcionários entre motoristas e cobradores.

A escolha poderá ser feita por meio de enquetes cujos links estarão disponíveis nos sites do DFTrans, da Secretaria de Mobilidade e de todas as operadoras de ônibus a partir desta terça-feira (19).


Na segunda fase, os selecionados passarão por uma avaliação da ouvidoria do DFTrans, baseada nas reclamações e elogios feitos pela população.

Os candidatos também serão classificados pelas informações obtidas pela equipe de Recursos Humanos (RH) de cada operadora, como assiduidade e elogios. Os vencedores serão premiados na última semana de novembro.


A intenção do concurso é despertar os passageiros para os atos de gentileza praticados pelos profissionais que atuam no transporte público. Ao mesmo tempo, visa despertar o interesse dos motoristas e cobradores no exercício da cordialidade.

A solenidade também contou com a presença de alunos do 3º a 5º anos da Escola Classe do Setor Militar Urbano, de representantes dos órgãos de mobilidade e da Secretaria de Cidades, além do deputado federal Hugo Leal (PSB–RJ), autor do projeto da lei seca.

 

COMENTÁRIOS