compartilhar

CAIXA DE PANDORA: STJ julga deputado mensaleiro Rôney Nemer que teria recebido propina de Durval

ELE É ACUSADO DE RECEBER DINHEIRO DO GOVERNO ARRUDA

A primeira turma do Supremo Tribunal Federal deve julgar na segunda-feira (25) a ação penal contra o deputado federal Rôney Nemer (PP-DF), por envolvimento na Caixa de Pandora.

 

A operação desbaratou um esquema de corrupção que resultou no afastamento e prisão do então governador José Roberto Arruda.

O deputado foi condenado por receber mensalão para apoiar o governo Arruda na Câmara Legislativa, entre 2007 e 2009.

Resultado de imagem para roney nemer caixa de pandora

O relator do caso é o rigoroso ministro Luiz Fux. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

 

O processo contra Nemer está no STF em razão do privilégio de foro, e resulta de desdobramento de ação no Superior Tribunal de Justiça.

Por coincidência, Nemer será julgado nos primeiros dias de PGR da procuradora Raquel Dodge, responsável pela Caixa de Pandora.

O MPF pediu a cassação de Nemer um dia após a sua diplomação, em 2014. Condenado pelo Tribunal de Justiça do DF, ele já era ficha suja.

 

Fonte: *Via Diário do Poder/Clipping

COMENTÁRIOS