compartilhar

123 DIAS DE SECA: Brasília comemora os primeiros pingos, tímidos que sejam, para alivar a umidade do ar

Inmet afirma que possibilidade de chuva 'de verdade' é mínima. 'Não passa de 30%', diz meteorologista.

Há 123 dias sem chuvas, os brasilienses acordaram nessa sexta-feira (22) com o dia nublado e viram os primeiros chuviscos depois da longa temporada de seca. No Lago Norte, moradores comemoraram e registraram em imagens.

Mas segundo o Mamedes Melo, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), não adianta se animar: o que está acontecendo é fruto de uma névoa úmida sobre o Distrito Federal.

 

"Esses chuviscos são o que chamamos de uma névoa úmida, chuva de 'enxurrada' mesmo só a partir da próxima quarta-feira (27)."

 

De acordo com o meteorologista, a chance de chuva na quinta-feira (21) chegou a 40%. Para esta sexta não passa de 30%. "Mesmo se essa possibilidade mínima de chuva vier a se confirmar, será a partir do meio da tarde em pontos isolados", disse ele.

Na Universidade de Brasília (UnB), alguns alunos desfilaram com guarda-chuvas. A estudante Ix Chel de Carvalho disse ao G1 que ficou "emocionada ao ver os pingos de chuva na Asa Norte, a caminho da universidade".

Ix Chel é de Salvador (BA) e está em Brasília desde março. Ela afirma que nunca enfrentou tanto tempo de seca.

 

"Lá é bem úmido, aqui até para sorrir é dificil porque a boca resseca demais. Tô na expectativa para chover de verdade porque está difícil aguentar a seca."

Veja registro feito do Congresso Nacional

Inmet

 

Até o meio-dia, os equipamentos do Inmet não tinham registrado as chuvas isoladas no DF, mas em regiões próximas, como Goiás, Mato Grosso e Tocantins, está chovendo.

A previsão do tempo nesta sexta-feira em Brasília é de céu encoberto a nublado, com névoa úmida pela manhã. A temperatura vai variar de 16° a 28°, e a umidade relativa do ar, de 65% a 25%.

 

Fonte: *Via G1/Clipping

COMENTÁRIOS