compartilhar

FIM DE SEMANA DA "BREJA": Evento no Parque da Cidade ensina processo de fabricação de cerveja artesanal

Idealizada para apresentar a cultura da cervejaria caseira e artesanal aos brasilienses, a primeira edição do Brasília Brew Fest & Homebrewers (BBFH) ocorre neste fim de semana, no Parque da Cidade.

O público vai conhecer as cervejarias locais e também o processo de fabricação das bebidas, com workshops para quem quiser aderir ao movimento cervejeiro.

Resultado de imagem para fabricação de cerveja artesanal

A Acerva Candanga (Associação dos Cervejeiros Caseiros), uma das organizadoras do evento, reunirá os produtores caseiros do Distrito Federal para uma brassagem coletiva – nome que se dá à fabricação -, a partir das 11h de domingo.

Flávio Barboza, presidente da Acerva, destaca que o movimento está crescendo na capital federal. “Estamos com mais de três mil cervejeiros caseiros”, estima. Ele observa que a qualidade do produto feito em casa é superior ao industrializado.

Resultado de imagem para fabricação de cerveja artesanal

Quem concorda é Kirk Douglas Lemos, 48 anos, dono da Casa Olec, loja de insumos – maltes, lúpulos e fermento. Ele aponta que está cada vez maior a procura por bebidas artesanais. “As pessoas estão deixando as cervejas tradicionais de lado”, comenta.

Lemos explica que quem não tem equipamento para produzir as cervejas aluga um espaço registrado e a cerveja produzida ali pode ser vendida. “É a chamada cervejaria cigana”, ensina. O cervejeiro destaca que o tipo da bebida que as pessoas mais gostam de produzir no momento são as India Pale Ale. Ele e os irmãos vão estar com um estande com produtos como growler, camisetas, bags térmicas e livros temáticos.


Vendedor de insumos e professor de produção de cerveja, Andreas Nagl, 44 anos, é dono da loja Candango Brau, pioneira em Brasília em cursos básicos de fabricação de cervejas artesanais. Ele vai lançar suas novas atividades no evento. Nagl aprendeu a produzir há dez anos. “A cerveja caseira tem mais sabor, e é bem fácil de fazer”, argumenta.

Kirk Douglas Lemos enaltece as cervejas artesanais.


Com tantos bons exemplos, o produtor Kenedy Bitencourt, 51 anos, idealizador da iniciativa, acredita que Brasília está se tornando um polo do setor. No BBFH será lançada a Escola de Cerveja de Brasília, para promover cursos, workshops, palestras e oficinas. O festival vai contar ainda com um espaço para pets e para crianças, com brinquedos infláveis, balões e pipoca, além de shows.

Consumo consciente

O Departamento de Trânsito (Detran-DF) estará presente no evento com campanhas educativas para estimular o consumo consciente da cerveja.Resultado de imagem para óculos Drunkbuster, um simulador de embriaguez

A iniciativa vai contar com os óculos Drunkbuster, um simulador de embriaguez. O Detran-DF é o primeiro no Brasil a adquirir a ferramenta.

Tiago Moreira, gerente da campanha, aponta que a maioria dos motoristas negligencia a legislação, principalmente a Lei Seca. “Nossa ideia é que as pessoas entendam que você vira passageiro se consumiu bebida alcoólica”, afirma Moreira.

Resultado de imagem para fabricação de cerveja artesanal

 

Fonte: *Via JBr/Clipping

COMENTÁRIOS