compartilhar

LICITAÇÃO PARA CONCLUIR OBRA: Estação de metrô do Eixão, na 110 Sul, será entregue até o fim de 2018, informa GDF

Edital de licitação para concluir as obras foi lançado nesta terça (3). Companhia do Metropolitano do DF prevê que 2,5 mil pessoas circulem pelo novo terminal

O governo distrital vai entregar a Estação 110 Sul, da Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô de Brasília), até o fim de 2018.

Foi publicado no Diário Oficial do Distrito Federal desta terça-feira (3), o edital de licitação para conclusão das obras do terminal metroviário, iniciadas e paralisadas na década de 1990.


Para que a estação fique pronta, é preciso concluir as obras e construir passagem para pedestres e acessos em superfície.

“Esta estação vai trazer mais segurança, agilidade e proximidade para todos os moradores de Brasília que precisam do metrô”, comemorou o governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, na cerimônia de lançamento da concorrência nesta manhã.


O chefe do Executivo local citou outras medidas do governo que promovem a melhoria da mobilidade no Distrito Federal, como a construção de novas estações, as negociações com o Ministério das Cidades para expandir o metrô e o lançamento do Bilhete Único.Governador Rollemberg participu do lançamento do edital de licitação para concluir as obras da Estação 110 Sul nesta terça (3). Companhia do Metropolitano do DF prevê que 2,5 mil pessoas circulem pelo novo terminal.

Governador Rollemberg participou do lançamento do edital de licitação para concluir as obras da Estação 110 Sul nesta terça (3). Metrô prevê que 2,5 mil pessoas circulem pelo novo terminal. 


A contratação tem valor estimado de R$ 20.735.702,34 e 18 meses de vigência a partir da assinatura do contrato. A estimativa do Metrô é que cerca de 2,5 mil pessoas circulem diariamente pela nova plataforma, com previsão de ser inaugurada em dezembro do ano que vem.


Esse é o segundo edital que o governo lança para a conclusão de estações do sistema metroviário neste ano. Em agosto, foi aberta a licitação para terminar a da 106 Sul. Embargado pelo Tribunal de Contas do Distrito Federal, o processo corre sob sigilo.

No entanto, a Companhia do Metropolitano já tomou as providências necessárias e atendeu às recomendações da Corte para a nova concorrência pública.


De acordo com o Metrô-DF, ainda neste mês será lançado edital para concluir uma terceira estação: a Estrada-Parque, próximo a Águas Claras e Vicente Pires.

“Os recursos vêm do financiamento do Banco do Brasil. Então, já temos capital assegurado para conclusão das Estações da 106 Sul, da 110 Sul e da Estrada-Parque”, disse o diretor-presidente da empresa, Marcelo Dourado.


O documento traz a exigência de assinatura do termo de compromisso de conduta ética e de combate à corrupção. A sessão pública para o recebimento das propostas está marcada para 3 de novembro.

Fila para mamografias está zerada

No lançamento, Rollemberg, em referência ao Outubro Rosa, comemorou o fato de o governo manter zerada a fila para mamografias no Distrito Federal. “Já fizemos neste ano 29.320 exames. Nossa capacidade é fazer 5,4 mil atendimentos por mês, mas temos neste momento só 2 mil pedidos”, disse. Segundo ele, as pacientes gastam de 7 a 10 dias desde a solicitação do médico até a realização do exame.

 

COMENTÁRIOS