compartilhar

INTERDIÇÃO: Trânsito no balão do Torto será alterado neste fim de semana, informa DER-DF

Mudança ocorrerá no sentido Plano Piloto no sábado (14) e no domingo (15) para dar continuidade às obras da Ligação Torto-Colorado

No sábado (14) e no domingo (15), quem seguir de carro pela DF-003, ou Estrada Parque Indústrias e Abastecimento (EPIA NORTE/SUAL), no sentido de Sobradinho para o Cruzeiro terá de fazer um desvio no balão do Torto.


Mudança no balão do Torto ocorrerá no sentido Plano Piloto no sábado (14) e no domingo (15) para dar continuidade às obras da Ligação Torto-Colorado.
Mudança no balão do Torto ocorrerá no sentido Plano Piloto no sábado (14) e no domingo (15) para dar continuidade às obras da Ligação Torto-Colorado

O trecho da via que passa por baixo da rotatória será bloqueado das 8 às 18 horas nos dois dias pelo Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER-DF).

A interdição será usada para o lançamento de vigas metálicas na construção de um viaduto, parte da Ligação Torto-Colorado.

Segundo o DER, os motoristas serão orientados a passar no balão, à direita da via. Haverá sinalização para indicar o desvio.

O trecho da via que passa por baixo da rotatória será bloqueado das 8 às 18 horas nos dois dias pelo Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER-DF).

A interdição será usada para o lançamento de vigas metálicas na construção de um viaduto, parte da Ligação Torto-Colorado.

Segundo o DER, os motoristas serão orientados a passar no balão, à direita da via. Haverá sinalização para indicar o desvio.

Trevo de Triagem Norte e Ligação Torto-Colorado

O Trevo de Triagem Norte é composto por 16 obras, entre pontes, viadutos e túneis. A intenção é distribuir o fluxo de veículos com destino ao Plano Piloto, ao Eixão Norte e Sul, à Avenida W3, aos Eixinhos Leste e Oeste e à Avenida L2.

Somadas às passagens previstas na Ligação Torto-Colorado — construção de uma pista marginal à DF-003 e de novos acessos aos condomínios —, serão 28 intervenções.

 

As benfeitorias vão custar R$ 207 milhões — R$ 146 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), R$ 51 milhões de contrapartida do governo de Brasília e R$ 10 milhões da Agência de Desenvolvimento do DF (Terracap).

 

COMENTÁRIOS