Image and video hosting by TinyPic

 

Image and video hosting by TinyPic

 

compartilhar

BOM "PRA HORA DO APERTO": GDF vai instalar banheiros públicos com custo zero, diz secretário

Gasto para colocar e manter banheiros será de empresas, que poderão recuperar dinheiro com propagandas. Apesar de reivindicações de passageiros, Metrô não será beneficiado.

O governador Rodrigo Rollemberg assinou um decreto que prevê instalação e manutenção de banheiros públicos em áreas de grande circulação da Grande Brasília.

Segundo o governo, eles serão colocados e funcionarão sem custo algum para os cofres públicos.

Resultado de imagem para BANHEIRO QUIMICO BRASILIA DF

Em entrevista ao G1, o secretário das Cidades, Marcos Dantas, disse que será feita licitação para escolher quem vai ser autorizado a montar os banheiros. “São estruturas móveis, removíveis, que podem ser instaladas em praças”, declarou.

“É um processo inédito em Brasília”, continuou Dantas. “O GDF não irá gastar absolutamente nada. Quem fará a instalação é o permissionário que fizer a melhor proposta. Mas haverá contrapartida, com propagandas, por exemplo. Pode-se falar em praças, parques, áreas públicas, mas é a critério do governo.”Banheiro químico instalado em rua (Foto: Toninho Tavares/Agência Brasília)

De acordo com o secretário, a previsão é de que sejam instalados os tradicionais banheiros químicos, mas o decreto abre possibilidade para outros modelos. Ainda não há previsão de quantidade de banheiros a serem instalados, nem prazo para isso.

E no Metrô?

 

No mês passado, a Redação Móvel do DFTV mostrou que a falta de banheiros no Metrô é uma reivindicação antiga dos passageiros. Questionado, o secretário Marcos Dantas disse que as estações não serão beneficiadas pelo decreto.

“O Metrô é terminal de embarque e desembarque de passageiros por curto período, mas não há necessidade de ter banheiro. Em lugar nenhum do mundo tem banheiro no Metrô. Não é aqui que estará previsto.”

Sugestão de passageiro para mostrar falta de banheiro no Metrô (Foto: TV Globo/Reprodução)

 

Em nota, a direção do Metrô de Brasília informou que não há banheiro ou bebedouro público por “questões de segurança”. “Quando há extrema necessidade, o empregado poderá conduzir o usuário para o banheiro interno”, afirmou.

 

Fonte: *Via G1/Clipping

COMENTÁRIOS