compartilhar

CONVENIADAS: Representantes de creches protestaram hoje em frente ao Palácio do Buriti

Grupo reivindicava repasse de parcelas atrasadas. O governador propôs a criação de uma comissão para analisar demandas

Cerca de 200 representantes de creches conveniadas ao GDF se reuniram em frente ao Palácio do Buriti nesta segunda-feira (16/10). Eles reivindicavam o repasse de parcelas atrasadas e a ampliação do atendimento. 

 

O governador Rodrigo Rollemberg (PSB) recebeu líderes do movimento e determinou a criação de uma comissão para ajudar a solucionar o problema.

O grupo tem 30 dias para apresentar propostas. 

Ele será composto por seis pessoas: duas do Conselho de Entidades de Promoção de Assistência Social (Cepas), duas da Secretaria de Educação, uma da Casa Civil e uma da Procuradoria-Geral do Distrito Federal.


Nesta terça-feira (17), a Central Única dos Trabalhadores (CUT) vai entregar um documento na Câmara Legislativa (CLDF) para exigir o cumprimento das metas estipuladas no Plano Distrital de Educação (PDE).

Atualmente, 11 mil crianças com idade de até 3 anos aguardam vagas nas instituições.

 

A Secretaria de Educação tem 45 Centros de Educação da Primeira Infância (Cepis) e 59 instituições conveniadas. São atendidas cerca de 6,1 mil crianças de até 5 anos nos Cepis e cerca de 11,6 mil por meio das instituições parceiras.

Ao Metropoles, a Pasta informou que “trabalha para atendê-las no menor tempo possível, uma vez que, nessa faixa etária, não há garantia amparada por lei”.

A Secretaria de Educação informou ainda que “o pagamento às creches aguarda o repasse do Tesouro, que será disponibilizado até o fim desta semana. Por mês, o valor destinado às creches é de aproximadamente R$ 16 milhões”

 

Fonte: *Via Metropole/Clipping

COMENTÁRIOS