compartilhar

OPERAÇÃO RASTRO: Polícia Civil deflagra ação para desarticular gangues em São Sebastião

Cinco criminosos responsáveis por matar desafetos foram presos durante a Operação Rastro, desencadeada por policiais da 30ª DP

A Polícia Civil desarticulou, nesta quarta-feira (18/10), parte de uma gangue que atua em São Sebastião, cidade-satélite de Brasília.

Cinco criminosos responsáveis por matar desafetos foram presos durante a Operação Rastro, desencadeada pela 30ª Delegacia de Polícia (São Sebastião).

A guerra entre os grupos é motivada, principalmente, por dívidas de drogas e pelo domínio de pontos de venda de entorpecentes.

Além de serem acusados de uma série de assassinatos, os bandidos também cometem assaltos a comércios, segundo a polícia, para se capitalizar, comprar armas e manter a disputa contra os rivais.


De acordo com o delegado-chefe da 30ª DP, João Guilherme Medeiros, a identificação, o monitoramento e as prisões deverão continuar. “Estamos há um bom tempo investigando essas gangues e os crimes praticados por elas. Depois das prisões, tanto as disputas quanto os homicídios tendem a reduzir. Aos poucos, vamos desarticular todos os grupos”, explicou.

 

A operação foi batizada de Rastro por conta de um homicídio ocorrido em junho de 2017.

 

Os dois criminosos, presos durante a operação, assassinaram brutalmente um rapaz, com 15 facadas, motivados por uma dívida.

 

Fonte: *Via Metropole/Clipping

COMENTÁRIOS