compartilhar

OPERAÇÃO CIRCUITUS: Polícia Civil prende 6 em ação contra roubo de carros e falsificação de documentos nesta 5a.feira

Líder é foragido do presídio de Cristalina e membro de facção criminosa. 'É um grupo armado de extrema periculosidade', afirma delegado.

Polícia Civil do Distrito Federal prendeu seis pessoas preventivamente (por tempo indeterminado) e cumpriu dez mandados de busca e apreensão em uma operação que apura a existência de um grupo especializado em roubar veículos a mão armada, adulterá-los e ainda falsificar documentos.

A operação ocorreu nas cidades-satélites de Sobradinho, em Santa Maria e em Valparaíso de Goiás, no Entorno Sul.Carro clonado apreendido na operação desta quinta (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Carro clonado apreendido na operação desta quinta

 

"Trata-se de um grupo armado de extrema periculosidade, que praticava assaltos a veículos com a intenção de comercializá-los junto a receptadores após serem clonados", afirmou ao G1 o delegado Marco Aurélio Vergílio, da Delegacia de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos (DRFV). A investigação aponta que após adulterar os carros e forjarem os documentos, os suspeitos ainda revendiam os veículos. Também costumavam usar para praticar outros crimes.

Suspeitos ao chegarem à delegacia (Foto: TV Globo/Reprodução)

De acordo com a polícia, o líder do grupo tem 28 anos e é foragido do presídio de Cristalina desde 2015, com histórico de participação em facções criminosas.

Há dois mandados de prisão contra ele em aberto.

Para chegar até eles, os investigadores fizeram diligências e "campana" em frente aos locais onde o grupo agia para esconder e adulterar os veículos. No dia 15 de agosto, por exemplo, um suspeito é fotografado buscando um documento falso com o líder do esquema.


Segundo o delegado, os suspeitos fizeram pelo menos oito vítimas. Ao todo, três carros foram recuperados.

A operação é chamada de "Circuitus" porque em latim quer dizer Entorno, em referência à atuação do líder, que morava na cidade de Valparaíso.

Malotes apreendidos pela Polícia Cívil (Foto: TV Globo/Reprodução)

São investigados os crimes de associação criminosa armada, roubo circunstanciado, receptação, falsificação de documento público e adulteração de sinais identificadores.

 

 

Fonte: *Via G1/Clipping

COMENTÁRIOS